Tendo estabelecido um promissor quinto tempo mais rápido na primeira Especial do dia (ES2), Esapekka Lappi e Janne Ferm foram depois, infelizmente, vítimas de uma violenta saída de estrada na PE7, numa zona de muito baixa aderência “escondida” no fim de uma subida. A dupla alargou a sua trajetória e saiu para a berma da estrada, e a partir daí a série de capotanços foi inevitável: “Estamos tristes pelo azar do Esapekka e do Janne, que mereciam bem mais do que isto, e que parece ter acontecido após eles terem furado. O mais importante é que ambos estão bem, e tenho a certeza de que vão ultrapassar esta situação muito rapidamente”, disse Pierre Budar, Diretor da Citroën Racing.

WRC: O enorme acidente de Esapekka Lappi

Ralis

Destaques

Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.