/ralis/wrc/wrc-elfyn-evans-estou-ainda-mais-faminto-para-o-futuro/
WRC, Elfyn Evans: “Estou ainda mais faminto para o futuro” | AutoSport

WRC, Elfyn Evans: “Estou ainda mais faminto para o futuro”

Por a 22 Novembro 2021 10:52

Elfyn Evans/Scott Martin (Toyota Yaris WRC) terminaram em segundo lugar o Rali de Monza, e também no campeonato.

Elfyn, segunda posição depois de uma batalha incrível com o Seb. Como foi fazer parte dela?
“Muito agradável a maior parte do tempo, mas também um pouco frustrante do meu lado. Fiz alguns pequenos erros com os quais não fiquei contente. Nós sabemos como são estes tipos. Dá-se um centímetro e eles levam um quilómetro. Foi assim! Mas foi ótimo fazer parte. Mas estou dececionado por ter cometido esse erro hoje, e por ter saído da luta. Mas ainda assim foi um fim-de-semana agradável”.

O teu ritmo foi ótimo. Disseste antes que o título era um tiro no escuro…
“Para ser sincero, não. Já tinha aceite na Grécia que este título estava mais ou menos entegue. É claro que ainda tentámos pressioná-los, mas também sabemos que eles lidam muito bem com a pressão. Foi, pelo menos, divertido”.

Faz-nos uma reflexão sobre a tua época?
“Sentimento agridoce! Foi a minha melhor época em termos de campeonato, fiquei feliz por lutar pelo título. Se me tivessem perguntado há dois anos, então teria dito que provavelmente seria um sonho lutar pelo título dois anos seguidos. Desse lado, podemos estar felizes. Mas quando se lá está, quer-se sempre mais. Agora a sensação que tenho, é que estou ainda mais faminto para o futuro”.

No próximo ano serás o novo piloto principal da Toyota. O que aprendeste com o Seb antes deste passo?
“Antes de mais, não creio que haja uma posição de liderança na Toyota. Penso que as pessoas assumem, porque sou o piloto com mais experiência, que vou liderar a equipa. Mas penso que o que torna a equipa tão forte é que todos têm as mesmas oportunidades. Penso que isso leva a equipa a avançar, e estou feliz pelo facto da equipa continuar assim no próximo ano. Eu trabalho muito bem com o Kalle. Do meu lado nada muda, estou feliz por trabalhar com a equipa. Com o Seb aprendi mais com as derrotas, e com o facto de estar perto dele. Também aprendi durante o meu tempo na M-Sport que há alturas para copiar e alturas para fazer as suas próprias coisas, também. Aprende-se naturalmente por ter alguém desse calibre, e com tanto sucesso à sua volta”.

Subscribe
Notify of
2 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Vmleal
Vmleal
2 meses atrás

Um piloto que tem evoluído bem. Este ano ganhou maturidade em pista e estaleca psicológica. Para o ano estará a voltar para o título, apesar dos novos carros e do desconhecimento ainda associado às forças em presença.

Vmleal
Vmleal
Reply to  Vmleal
2 meses atrás

*estrada

últimas Ralis
últimas Autosport
ralis