/ralis/wrc/wrc-dani-sordo-o-homem-dos-podios-nao-sabe-se-continua-em-2023/
WRC, Dani Sordo: O homem dos pódios não sabe se continua em 2023 | AutoSport

WRC, Dani Sordo: O homem dos pódios não sabe se continua em 2023

Por a 22 Setembro 2022 13:24

A carreira de Dani Sordo no WRC vem desde 2005, ano em que venceu o Mundial Júnior.
No ano seguinte, 2006, correu com a Citroen, na equipa oficial e na Junior Team até 2010, nunca conseguindo melhor do que dois terceiros lugares no WRC, em 2008 e 2009, curiosamente sem qualquer vitória até então.
Perdeu o seu lugar na equipa oficial, fruto do aparecimento de um certo Senhor chamado Sébastien Ogier, e passou dois anos com a Mini, com o mesmo sucesso que vários outros pilotos que guiaram aqueles carros: nenhum!
Regressou à Citroën mais um ano quando Ogier foi para a Volkswagen em 2013, mas foi Sol de pouca dura ainda que tenha obtido nesse ano o seu primeiro triunfo no WRC, na Alemanha. Foi para a Hyundai em 2014, com um programa parcial.
Em 2015 a Hyundai ‘deu-lhe’ um programa quase completo, não correu muito bem, apenas com um pódio em Espanha. Em 2016 e 2017, mais do mesmo.
Nesta altura já se tinha percebido que não passava muito da produção que ‘devolvia’ à equipa, o seu cansaço por tantos anos de WRC notava-se muito.
De qualquer forma, o espanhol conseguia ser rápido em alguns ralis, mas no cômputo geral já não tinha ‘pedalada’ para andar mais à frente.
A sua experiência permitia-lhe terminar a grande maioria dos ralis, mas já estava longe de ser o piloto que era quando tinha Loeb ao lado. Aí, era o rei dos segundos lugares, por motivos óbvios, e depois disso passou, assumidamente, a ter apenas programas parciais.
Curiosamente, com melhores resultados do que quando corria a tempo inteiro.
Venceu pela segunda vez na carreira em 2019 na Sardenha, repetiu-o em 2020, e desde o Rali de Espanha de 2021, cada vez que faz um rali, termina no pódio. Cinco ralis, cinco pódios. É o que vale a sua experiência.
Agora, outro momento-chave. É altura de parar ou não? Tem na sua agenda o Rali de Espanha, que pode bem ser o último no WRC ao mais alto nível.
Sordo disse recentemente ao Dirtfish que ainda não tem certeza se a sua carreira continuará na temporada de 2023: “gosto de andar forte, lutar e divertir-me, mas não quero fazer ralis e obter resultados quase só porque os outros desistem. Se eu não conseguir mais ter um bom desempenho, não vou continuar. Veremos depois do Rali da Catalunha”, disse.
A Hyundai está a contar com ele para a próxima temporada, mas Dani Sordo ainda não sabe se conta com ele próprio…

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
últimas Autosport Exclusivo
últimas Autosport
autosport-exclusivo