Peugeot Rally Cup Ibérica: Rally Comunidad de Madrid fecha temporada

Por a 21 Novembro 2019 09:59

Sexta e última prova da Peugeot Rally Cup Ibérica 2019, o Rally Comunidad de Madrid (RACE) irá consagrar os já virtuais Campeões, a dupla espanhola Daniel Berdomás/David Rivero, que assegurou os títulos de Pilotos e Navegadores na Catalunha, e simultaneamente definir o ranking final da época 2019 e os vencedores do troféu de Equipas.

Será um rali com características muito díspares face às provas normais, já que parte da sua estrutura competitiva recorre ao Circuito de Jarama, pista que na década de 70 recebeu a Fórmula 1. Das 8 Especiais do rali madrilenho, 4 correm-se na zona montanhosa em redor de Madrid e a outra metade em diferentes configurações de uma pista normalmente usada em corridas de velocidade e resistência.

Em termos competitivos, a organização regista 15 sólidas inscrições para esta última prova de 2019, incluindo todas as equipas que, aos comandos dos competitivos Peugeto 208 R2, pretendem ter uma palavra a dizer na definição dos lugares de Vice-Campeões, bem como do restante ranking da Peugeot Rally Cup Ibérica, iniciativa coorganizada pela Peugeot Portugal e Peugeot Espanha, com o apoio logístico no terreno da Sports & You.

Um final inédito! Assim se pode definir esta jornada de encerramento da Temporada 2 da Peugeot Rally Cup Ibérica. Com os títulos de Pilotos e Navegadores já virtualmente atribuídos na Catalunha a Daniel Berdomás e David Rivera, falta conhecer a Equipa vencedora do troféu, entre três candidatas possíveis.

O palco desta decisão, bem como da classificação final das restantes duplas que deram corpo a esta Peugeot Rally Cup Ibérica, far-se-á no Rally Comunidad de Madrid (RACE), um rali que conta com uma estrutura competitiva totalmente diferente do conceito tradicional de um rali. Isto porque a prova do Real Automóvil Club de España aposta num percurso substancialmente diferente, tendo 4 especiais tradicionais, desenhadas nas montanhas que circundam a capital espanhola, e outras 4 classificativas que recorrem ao traçado do Circuito de Madrid, percorrido de diferentes formas (ver mais detalhes no capítulo da estrutura da prova).

Se há um ano a decisão do título se prolongou até à última prova, desta feita resta aos virtuais campeões Berdomás / Rivera tentarem novo resultado de relevo, que sublinhe a brilhante prestação obtida em vários ralis de 2019, temporada onde alcançaram 3 vitórias (Sierra Morena, Portugal e Terras d’Aboboreira). Já as restantes equipas pretendem subir nos respetivos rankings, estando por definir a posição de Vice-Campeões desta inédita iniciativa ibérica de ralis.

No grupo dos Pilotos, os mais fortes candidatos a essa posição de delfim são o espanhol Josep Bassas (68,21 pontos), o britânico Ruiari Bell (65 pontos) – discutem também entre si a Junior Cup, direcionada a pilotos com menos de 25 anos – e ainda o português Carlos Fernandes (64,04 pontos). Atrás perfilam-se Ricardo Costa (33), Pedro Antunes (32,12) e Sergi Francoli (30,83), separados por poucos pontos de José María Reyes (26,42) e José Luis Pelaez (25), que fecham o atual top-10. Faz ainda parte desta lista Daniel Nunes (44,09), piloto que se mantém ausente, estando em processo de recuperação de um acidente viário e a quem a organização reforça os votos de rápidas melhoras.

Entre os Navegadores, o britânico Darren Garrod (65,83 pontos) já chega a Madrid na posse do vice-campeonato, devido à ausência do seu suposto adversário, Axel Coronado (39,71). Atuais 4º e 5º classificados nesta categoria, Maria Salvo (30,83) e Paulo Lopes (29,62) irão lutar entre si para alcançar o derradeiro lugar do pódio, no ranking geral da copa.

Ao rubro está a luta pelo troféu de Equipas, neste momento liderada pela Inside Motor (104 pontos), mas que tem 1 único ponto de avanço sobre o TRS Rally Team (103). À espreita está a GC Motorsport (90) que, dependendo dos resultados que as suas adversárias venham a somar, matematicamente também ainda pode conquistar o troféu. Única representante no setor feminino, a britânica Nabila Tejpar (ausente desta prova) já garantiu a Ladies Cup.

O grupo de 15 equipas inscritas nesta 6ª e última prova da Peugeot Rally Cup Ibérica volta a ter uma representação maioritariamente caseira, sendo 10 as formações espanholas, entre as quais 4 duplas estreantes: Cristinan Parrilla / Juan Francisco Ceba, António Acosta / Victor Perez, Imanol Mendiguchia / Lorenzo Fernandez, e Domingo Estrada / Jesus Estrada. Juntam-se-lhes 4 duplas portuguesas e 1 britânica, todos aos comandos dos Peugeot 208 R2, proposta que conta com todos os upgrades dos ateliers da Competição Cliente da Peugeot Sport.

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
últimas Ralis
últimas Autosport