/ralis/wrc/wrc-posicao-nos-novos-rally1-pode-afastar-um-navegador-de-topo/
WRC: Posição nos novos Rally1 pode ‘afastar’ um navegador de ‘topo’… | AutoSport

WRC: Posição nos novos Rally1 pode ‘afastar’ um navegador de ‘topo’…

Por a 7 Outubro 2021 16:33

Na sequência do artigo que publicámos a meio de setembro, que referia a preocupação de alguns navegadores tendo em conta a sua posição nos novos Rally1, isso pode ter como consequência a retirada de outro navegador. Hoje, Julien Ingrassia anunciou a sua saída dos ralis no final deste ano, mas isso nada tem a ver com as preocupações referidas, apesar do francês estar solidário com os seus colegas de ‘trabalho’.
Na altura, e em declarações ao Dirtfish, Martin Järveoja, navegador de Ott Tänak expressou a sua preocupação face à posição do navegador dentro dos novos Rally1. Recordamos que a FIA introduziu novas alterações nos carros tendo em vista a segurança dos ocupantes, nomeadamente a introdução de um novo roll bar, de ‘double hoop’, ou braços duplos, que dão mais resistência global ao roll-bar, mas Järveoja entende que isso foi feito comprometendo a posição dos navegadores.
Segundo o estónio, os navegadores estão agora posicionados bem mais altos e chegados para a frente, que que sucedeu com os atuais carros.
Sendo verdade que estar mais alto, protege mais a coluna vertebral dos navegadores quanto às pancadas no chão nos troços mais duros, quando nos lembramos que mais cedo ou mais tarde, vai haver capotanços, nesse contexto os navegadores estão bem mais perto do teto do carro.
“Não gosto nada da posição de assento. E eu não sou alto. De momento estou demasiado apertado dentro do carro e isso não é seguro” disse. Järveoja.
Stuart Loudon, navegador que já fez vários testes no Ford Puma Rally1 ao lado de Matthew Wilson: Ando no carro há seis meses, no primeiro dia achei que não conseguia fazer isto. Sentamo-nos muito mais à frente e muito mais alto. Pelo menos nos carros atuais, consegue-se esticar um pouco as pernas, mas nos carros novos não se consegue fazer isso de todo”.
Contudo, a FIA já disse que tem estado a ouvir os navegadores, as equipas e irá proceder em conformidade. O Diretor Técnico da FIA, Xavier Mestelan Pinon disse ao DirtFish que os regulamentos não são finais: “Estamos a trabalhar nisto com as equipas e vamos ajustar os bancos à altura dos pilotos e navegadores. O objetivo é colocar o piloto e navegador longe do teto, do fundo e do lado do carro”, disse.

Mas como surgiu este problema? Simples: Os novos chassis ‘space frame’ dos Rally1 não têm tanta latitude para a acomodação dos navegadores, devido à utilização da traseira do carro para a bateria e demais componentes. Até aqui nos atuais WRC, os navegadores estavam bem mais baixos e atrás do que passarão a estar. E isso incomoda-os, pois sentem-se menos seguros. A FIA disse que está a olhar para a situação, mas não há muito que se possa fazer, pois o espaço não abunda.
Por isso, se nos próximos tempos ouvir/ler que um navegador de ‘topo’ se vai embora, não estranhe…

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
últimas Ralis
últimas Autosport
ralis