assinaturas

Azores Rallye, PE8: Bruno Magalhães distancia-se de Ricardo Teodósio

Por a 22 Março 2019 16:26

Alexey Lukyanuk Alexey (Citroën C3 R5) voltou a vencer uma especial, desta feita na frente de Pierre Loubet (Škoda Fabia R5) e Marijan Griebel (VW Polo GTI R5), que empataram ao décimo de segundo. Ricardo Moura (Škoda Fabia R5) foi quarto, na frente de Chris Ingram (Škoda Fabia R5) e Łukasz Habaj (Škoda Fabia R5).

Mesmo furando perto do final, Bernardo Sousa (Citroën C3 R5) foi sétimo, na frente de Bruno Magalhães (Hyundai i20 R5), Luís Rego Jr. (Skoda Fabia R5) e Ricardo Teodósio (Škoda Fabia R5).

Na geral, Alexey Lukyanuk tem agora 33.4s de avanço para Ricardo Moura, que por sua vez tem Łukasz Habaj (Škoda Fabia R5) a 5.8s, depois de ter ganho agora 2.5s ao polaco. Este tem Pierre Loubet a 5.6s, enquanto Marijan Griebel (Volkswagen Polo GTI R5) está 3.8s mais atrás. Chris Ingram também não está muito longe, mas a verdade é que entre o segundo lugar de Moura e o quinto lugar de Griebel há apenas 15 segundos.
Com sete troços pela frente, está tudo em aberto.

No CPR, Moura volta a ser o mais rápido, desta feita com mais 18.9s de avanço para Bruno Magalhães (Hyundai i20 R5), piloto que, agora a tirar agora partido da mudança de afinação do seu carro, e também do facto de ter montado pneus novos, se está a distanciar de Ricardo Teodósio (Škoda Fabia R5).

Passou o algarvio na especial anterior, colocando a diferença entre ambos em 4.6s e neste troço voltou a fazê-lo, desta feita com mais 9.6s, colocando-a agora em 14.2s. Também porque Teodósio ter batido em algo no troço, com o carro a ficar afetado nas curvas à direita.

No CRA, tudo igual, Moura na frente, Luís Rego Jr. (Skoda Fabia R5) a 1m20s e Bernardo Sousa (Citroën C3 R5) 57.7s mais atrás.

Tempos Online – CLIQUE AQUI

assinaturas

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas CRA
últimas Autosport