/karting/cpk/campeonato-de-portugal-de-karting-toyota-casa-cheia-em-viana-do-castelo/
Campeonato de Portugal de Karting Toyota: Casa cheia em Viana do Castelo | AutoSport

Campeonato de Portugal de Karting Toyota: Casa cheia em Viana do Castelo

Por a 20 Março 2022 20:59

Lourenço Antunes, Artur Loureiro, Guilherme Morgado, Diogo Caetano, Martim Marques, Rodrigo Vilaça, Duarte Pinto Coelho, Henrique Cruz, Renato Bolzan, Rodrigo Ferreira, André Serafim, Hugo Marreiros, António Bravo Lima e Nuno Portelavenceram na primeira jornada dupla do Campeonato de Portugal de Karting Toyota, disputada este fim de semana no Kartódromo de Viana do Castelo, sob a organização do Clube Automóvel do Minho (CAM).

Por Filipe Cairrão
Fotos HelloFoto/Alexandre Araújo

O Campeonato de Portugal de Karting Toyota contou na prova inaugural com 89 participantes distribuídos por diferentes categorias. A extensa caravana proporcionou corridas intensasdurante dois dias, deixando antever mais uma época bem animada.

Categoria X30
Considerada a classe-rainha, a X30, apresentou uma grelha de 32 pilotos, tendo Duarte Pinto Coelhosido no primeiro dia de competição o mais rápido nos treinos cronometrados com a marca de 43,526s. Na manga de qualificação, Duarte Pinto Coelho voltou a ser o mais forte e, na Final, arrancou bem e manteve-se na frente do pelotão, para depois cumprir o último terço da corrida com alguma vantagem, sabendo-a gerir bem para entrar no Campeonato de Portugal de Karting Toyota a vencer e com a volta mais rápida em 44,153s aos 1117 metros da pista minhota.
Frederico Peters, Diogo Pinto e Jesse Doorgeest travaram uma luta intensa pela segunda posição, tendo o primeiro levado a melhor, enquanto Diogo Pinto garantiu o terceiro lugar e Jesse Doorgeest caiu para a sexta posição, devido a uma penalização de cinco segundos por danos na carenagem frontal.
Com um andamento igualmente forte, Adolfo Castro e Tomás Leitão fecharam, por esta ordem, o top-5. Na categoria Master, vitória para Renato Bolzan, Pedro Paxiuta Paivae Ricardo Ribeiro, completaram, por esta ordem, o pódio.
No segundo dia de competição, Duarte Pinto Coelho foi o mais rápido nos treinos cronometrados e venceu a manga de qualificação. Na Final, o piloto de Lisboa aproveitou bem a pole-position para assumir a liderança, formando-se depois um grupo de quatro pilotos com mais andamento para lutar pela vitória: Frederico Peters, Henrique Cruz, Diogo Pinto e João Miguel Oliveira. Duarte Pinto Coelho conservou o comando praticamente até final, mas nos últimos instantes surgiu um surpreendente Henrique Cruz a ver a bandeira xadrez na primeira posição, terminando logo a seguir Frederico Peters, Duarte Pinto Coelho – autor da volta mais rápida em 44,108s – e João Miguel Oliveira, nas segunda, terceira e quarta posições, respetivamente.
Diogo Pinto cruzou a meta no quinto lugar, mas uma penalização fez com que fosse relegado para a sexta posição, tendo Jesse Doorgeest encerrado o top-5. Francisca Queiroz que ainda rodou no 11.º lugar, terminou na 19.º posição e venceu a classe feminina. Na categoria Master, nova vitória para Renato Bolzan, Pedro Paxiuta Paiva e Ricardo Ribeiro completaram, por esta ordem, o pódio.

Categoria X30 SuperShifter
André Serafim foi no primeiro dia de competição o mais rápido nos treinos cronometrados à geral e na Master com uma volta em 42,256s. Na manga de qualificação, André Serafim voltou a ser mais o forte e, na Final, impôs-se Rodrigo Ferreira, que conseguiu liderar a corrida de princípio a fim, para vencer à geral e na Sénior, com a volta mais rápida em 42,748s.
André Serafim voltou a estar forte e garantiu a segunda posição e a vitória entre os Masters, enquanto Rodrigo Lessa completou o pódio à geral e foi segundo classificado na Sénior. António Bravo Lima garantiu a nona posição e venceu na Gentleman.
No segundo dia de competição, André Serafim foi o mais rápido nos treinos cronometrados à geral e na Master com a marca de 42,107s. Na manga de qualificação, venceu Rodrigo Ferreira. Na Final, o piloto do Porto arrancou muito bem e colocou-se no comando para não mais o largar até final, somando mais uma vitória à geral e na Sénior. Rodrigo Lessa deu boa réplica a Rodrigo Ferreira e garantiu a segunda posição à geral e na Sénior, com a volta mais rápida em 42,452s, enquanto Hugo Marreiros completou o pódio e venceu entre os Masters. Márcio Moreira foi o quarto classificado – 2.º na Master – e Nuno Portela fechou o top-5 e venceu na categoria Gentleman.

Categoria Júnior
Diogo Castro foi no primeiro dia de competição o mais rápido nos treinos cronometrados, com a marca de 45,253s. Na manga de qualificação, venceu Rodrigo Vilaça, assim como na Final. Santiago Alvesfoi o principal opositor do piloto bracarense e com um bom ritmo garantiu a segunda posição, enquanto que a luta pelo derradeiro lugar do pódio ficou decidida na última volta, a favor de Diogo Castro, tendo Pedro Barbosa assegurado um excelente quarto lugar e Martim Meneses – que largou da sétima posição, devido a uma penalização na manga de qualificação por alegada falsa partida… que lhe retirou o terceiro lugar – fechado o top-5 na Final, com a volta mais rápida em 45,471s.
No segundo dia de competição, Martim Meneses foi o mais rápido nos treinos cronometrados, com a marca de 45,658s. Na manga de qualificação, venceu Rodrigo Vilaça. Na Final, o piloto de Braga largou da pole-position e liderou até à passagem da sexta volta, altura em que caiu para o quarto lugar, tendo Santiago Alves assumido o comando, com Diogo Castro e Pedro Barbosa a rodarem bem juntos à traseira do kart do piloto de Sintra. No entanto, a três voltas para o final da corrida, Rodrigo Vilaça regressou à liderança e conservou-a até final, somando mais uma vitória, com a volta mais rápida em 45,561s.
Santiago Alves e Diogo Castro viram a bandeira xadrez nas segunda e terceira posições, respetivamente, mas viriam a ser penalizados, tendo o primeiro caído para o quinto lugar, enquanto Diogo castro foi relegado para o quarto posto. Martim Meneses, que na partida caiu da segunda para a oitava posição, acabou por ser segundo classificado e Pedro Barbosa, que também esteve em muito bom plano, completou o pódio.

CategoriaX30 Mini
Diogo Caetano foi no primeiro dia de competição o mais rápido nos treinos cronometrados com o registo de 49,599s. Na manga de qualificação, venceu Martim Marques. Na Final, a luta pela vitória foi bastante intensa até à última volta. Martim Marques liderou a primeira parte da corrida, tendo depois passado passou para a frenteJoão Barros, mas o piloto de Vila Nova de Gaia recuperou o comando logo a seguir. No entanto, quando tudo indicava que Martim Marques seria o vencedor, na última volta acabou por ser Diogo Caetano o primeiro a ver a bandeira xadrez, seguindo-se João Barros, que rubricou a volta mais rápida em 50,069s, e Martim Marques. Entretanto, João Barros foi penalizado com cinco segundos por danos na carenagem frontal e caiu para o terceiro lugar, tendo Martim ficado com segunda posição.
Logo atrás, um grupo de quatro pilotos também tornou a Final ainda mais emotiva na discussão pelo quarto lugar, tendo Afonso Lopes levado a melhor, na frente de Tomás Fernandes, Xavier Lázaro – que largou do 12.º posto – e Gabriela Teixeira.
No segundo dia de competição, Martim Marques foi o mais rápido nos treinos cronometrados com o registo de 50,034ss. Na manga de qualificação, o jovem piloto de Vila Nova de Gaia voltou a impor-se. Na Final, voltamos a assistir a uma grande corrida, com quatro pilotos a lutarem pela vitória: Diogo Caetano, Martim Marques, João Barros e Xavier Lázaro. O primeiro liderou até à sétima volta, altura em que Martim Marques passou para o comando, tendo, três voltas depois, sido a vez de João Barros assumir a liderança. Na penúltima volta, Diogo Caetano regressou à primeira posição e na derradeira volta acabou por ser Martim Marques a levar a melhor, com Diogo Caetano – que rubricou a volta mais rápida em 50,045s – Xavier Lázaro e João Barros a terminarem, por esta ordem, logo a seguir. Gabriela Teixeira (DR) fechou o top-5.

Categoria Cadete 4T
Guilherme Morgado foi no primeiro dia de competição o mais rápido nos treinos cronometrados com o tempo de 54,923s. Na manga de qualificação, o jovem piloto de Loures também triunfou, assim como na Final, onde Leonor Rocha – que rubricou a volta mais rápida em 55,329s – e Francisco Correia, que completaram o pódio. Vicente Capela fez uma excelente recuperação desde o oitavo lugar e garantiu a quarta posição, enquanto José Pedro Pinto terminou logo a seguir para fechar o top-5.
No segundo dia de competição, Guilherme Morgado foi o mais rápido nos treinos cronometrados com o tempo de 55,250s. Na manga de qualificação, o jovem piloto de Loures também foi o mais forte. Na Final, Guilherme Morgado arrancou da pole-position, mas foi Leonor Rocha a liderar até à passagem da terceira volta, altura em que o jovem piloto de Loures regressou ao comando. Na antepenúltima volta, a piloto de Ponte de Lima, autora da volta mais rápida em 55,361s, passou para a liderança, mas logo depois caiu em definitivo para a oitava posição.
Guilherme Morgado, que esteve sempre na luta por mais uma vitória, conseguiu mesmo somar mais um triunfo, com o regressado José Pedro Pinto a garantir a segunda posição e Francisco Correia a conseguir mais uma presença no pódio.Vicente Capela mostrou novamente a sua evolução ao ser quarto classificado e Francisco Iglésias encerrou o top-5.

Categoria Iniciação
Luís Fernandes foi no primeiro dia de competição o mais rápido nos treinos cronometrados com a marca de 1m19,691s e venceu a manga de qualificação. Na Final,Lourenço Antunes era líder à passagem da primeira volta e não mais largou o comando até à bandeira xadrez, apesar da excelente réplica de Martin Rodrigues, que foi segundo classificado, com uma desvantagem de apenas 0,114s, tendo sido o autor da volta mais rápida em 1m19,930s. Artur Loureiro completou o pódio, seguindo-se Tomás Dias e Tiago Caetano no top-5.
No segundo dia de competição, Lourenço Antunes foi o mais rápido nos treinos cronometrados com a marca de 1m20,030s. Na manga de qualificação venceu Artur Loureiro que depois na Final aproveitou da melhor forma a pole-position para liderar de princípio a fim, estreando-se assim a vencer no Campeonato de Portugal de Karting Toyota. Contudo, o jovem piloto de Vila Nova de Gaia teve forte oposição, sobretudo deMartin Rodrigues – autor da volta mais rápida em 1m19,663s –, já que arrancou da quinta posição e viu a bandeira xadrez no segundo lugar, com uma desvantagem de 74 milésimos de segundo (!) para Artur Loureiro. Lourenço Antunes também lutou pela vitória, mas desta vez completou o pódio, igualmente muito perto dos dois primeiros classificados. José Diogo Martins garantiu a quarta posição e Luís Fernandes fechou o top-5.

A segunda jornada dupla do Campeonato de Portugal de Karting Toyota está agendada para 23 e 24 de abril e será disputada no Kartódromo Internacional de Leiria.

Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Infelizmente o Autosport não pode continuar a disponibilizar os seus artigos gratuitamente.
Já não é viável ter uma equipa de jornalistas profissionais sem que possamos vender o produto do nosso trabalho.
Tal como os jornais e revistas são pagos, também os conteúdos editoriais digitais terão que ser pagos.
Por favor subscreva o Autosport Exclusivo e ajude-nos a manter esta máquina em andamento!
São apenas 2€ por mês, subscreva agora AQUI
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Infelizmente o Autosport não pode continuar a disponibilizar os seus artigos gratuitamente.
Já não é viável ter uma equipa de jornalistas profissionais sem que possamos vender o produto do nosso trabalho.
Tal como os jornais e revistas são pagos, também os conteúdos editoriais digitais terão que ser pagos.
Por favor subscreva o Autosport Exclusivo e ajude-nos a manter esta máquina em andamento!
São apenas 2€ por mês, subscreva agora AQUI
últimas CPK
últimas Autosport
cpk