/formula1/conselheiro-da-fia-admite-que-a-mclaren-nao-ira-ser-punida/
Conselheiro da FIA admite que a McLaren não irá ser punida | AutoSport

Conselheiro da FIA admite que a McLaren não irá ser punida

Por a 19 Julho 2007 13:00

Joaquín Verdegay o representante espanhol no Conselho Mundial Extraordinário da FIA, que se reunirá a 26 de Julho para julgar o caso “Stepneygate” e ouvir as alegações da McLaren, declarou ao diário desportivo AS que, «a McLaren não deverá ser sancionada neste processo porque é quase impossível provar que utilizou informação contida nos documentos confidenciais da Ferrari no seu monolugar.»

O advogado espanhol e Comissário FIA, que representa neste Conselho Mundial, Carlos Gracia (ele sim o representante espanhol com assento no Conselho) admite ainda que, «a situação só poderia alterar-se se Ron Dennis reconhecesse que estava ao corrente da situação. Neste caso e consoante a admissão de culpa da McLaren poderia existir uma sanção que passaria por retirar pontos à equipa e aos pilotos, com benefício para a Ferrari. Mas, se a Ferrari chegou a acordo com Coughlan é porque acredita que a McLaren não utilizou essa informação nos seus carros.»

Estas afirmações de Verdegay criaram algum mal-estar no seio da FIA, já que poderão indiciar o sentido de voto do delegado espanhol e, assim sendo, eventualmente prejudicar o processo.

últimas FÓRMULA 1
últimas Autosport
formula1