WTCR Macau: Muller e Priaulx vencem, decisões na Malásia

Por a 17 Novembro 2019 08:25

Yvan Muller e Andy Priaulx venceram as corridas 2 e 3 de Macau, oferecendo à chinesa Lynk & Co os triunfos na três corridas do fim de semana. A decisão do título segue agora para a ‘Season finale’ na Malásia. Norbert Michelisz, Esteban Guerrieri, Yvan Muller e Thed Björk mantêm-se firmes na luta, com 11 pontos a separar os três primeiros antes de Sepang. Björk e Ceccon juntaram-se a Muller no pódio da Corrida 2 enquanto Priaulx assegurou a vitória na Corrida 3.

Andy Priaulx assegurou a sua primeira vitória no WTCR nas ruas de Macau, completando dessa forma um fim-de-semana de sonho para a marca chinesa, Lynk & Co, que deu ‘energia’ aos três vencedores das corridas. Yvan Muller assegurou duas vitórias para a Cyan Racing, antes do que se espera ser uma emocionante decisão de título na super-final da época, que terá lugar no Circuito Internacional de Sepang, no próximo mês, onde irá lutar com Norbert Michelisz, Esteban Guerrieri e Thed Björk (este com bem menos hipóteses) pelo maior prémio mundial de corridas de automóveis de turismo.

Norbert Michelisz (BRC Hyundai N Squadra Corse) deixou Macau com uma boa vantagem de nove pontos sobre o piloto da ALL-INKL.COM Münnich Motorsport Honda, Esteben Guerrieri, depois de ambos terem passado por um fim-de-semana difícil.

O húngaro Michelisz terminou em segundo lugar na Corrida 1 antes de lutar por posições bem mais atrasadas (10º e 12º) nas duas corridas de hoje, domingo. Um acidente na Q1 da segunda qualificação deixou-o com bem menos esperanças de um melhor resultado, o que se confirmou hoje. Guerrieri, por sua vez, desistiu na Corrida 1, mas ficou em quarto lugar na Corrida 2, e foi décimo na Corrida 3. Esteve na calha para começar a Corrida 2 na pole, mas foi atingido com uma penalização, caindo para o quarto lugar na grelha.

Já Yvan Muler (Cyan Racing Lynk & Co) não teve desses problemas, e converteu a sua primeira pole-position numa vitória na Corrida 1, à qual se seguiu uma excelente pilotagem na corrida dois, que lhe permitiu ascender de quinto a primeiro. Com o sexto lugar na Corrida 3, ficou agora a dois pontos de Esteban Guerrieri, e 11 atrás de Norbert Michelisz. Kevin Ceccon (Team Mulsanne) terminou duas vezes nos três primeiros no seu Alfa Romeo Giulietta TCR.

Rob Huff ficou em quarto lugar na Corrida 1, mas a sua procura por uma vitória na 10ª Corrida da Guia de Macau, ficou frustrada quando não conseguiu transformar a primeira posição da qualificação para a Corrida 3 em vitória para a SLR VW Motorsport. Terminou em segundo, com Jean-Karl Vernay em terceiro, com o seu Leopard Racing Team Audi Sport. Johan Kristoffersson, duplo campeão mundial de Rallycross, foi o melhor estreante de Macau com o quinto lugar na Corrida 2 e quarto lugar na Corrida 3, com o seu Volkswagen da Sébastien Loeb Racing.

Nicky Catsburg (BRC Hyundai N LUKOIL Racing Team) conquistou o TAG Heuer Best Lap Trophy com a sua prestação na Corrida 2, enquanto Billy Lo foi o melhor dos wildcard, com o piloto macaense a ser 23º na Corrida 1.

Tom Coronel (Comtoyou DHL Team CUPRA Racing) ficou duas vezes no top 15, com Luca Engstler a marcar os seus primeiros pontos Corrida 3, tendo sido chamado para substituir Augusto Farfus na BRC Hyundai N LUKOIL Racing Team.

Depois de ter cortado a meta da primeira corrida do WTCR na 15ª posição, as chances de amealhar bons pontos não eram fáceis para as corridas de hoje, com o piloto português a partir da cauda do pelotão. Partindo do 26º lugar na Corrida 2, terminou-a em 18º, enquanto na Corrida 3, onde partiu da mesma posição, a 26ª, terminou-a no 19º lugar.

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas Newsletter
últimas Autosport