/ralis/wrc/wrc-serao-os-tres-ultimos-ralis-do-ano-exemplo-do-que-pode-ser-2023/
WRC: Serão os três últimos ralis do ano exemplo do que pode ser 2023? | AutoSport

WRC: Serão os três últimos ralis do ano exemplo do que pode ser 2023?

Por a 19 Setembro 2022 12:08

Já se calculava que este primeiro ano dos Rally1 poderia ser afetado por discrepâncias competitivas entre as diversas equipas, mas como os mais recentes ralis têm provado, 2023 deve ser bem diferente.
Quando tudo é novo e ainda mais tendo sucedido situações anormais que atrasaram a Hyundai, e com a Ford a não conseguir ter pilotos a tempo inteiro capazes de lutar por vitórias e títulos, redundou num ano em que a balança pendeu muito para a Toyota.
Os últimos ralis já mostraram algo diferente, com três vitórias seguidas da Hyundai, mas também não é isso a bitola, chamemos-lhe normal, desta época. A verdade é que se espera que 2023 seja bem diferente.
Da Toyota espera-se que resolva os problemas recentes, a Hyundai que mantenha e melhore a bitola atual e a M-Sport, que sabemos ‘ter’ carro, tenha também pilotos capazes de se bater com os da Hyundai e Toyota: “Não fomos o único fabricante a ter problemas”, começou por dizer Richard Millener, referindo-se ainda ao Rali da Grécia. “A Toyota teve um fim-de-semana muito mau e a Hyundai teve definitivamente a sua quota-parte de problemas, mas conseguiu manter os seus carros fiáveis. Penso que o que conseguimos na sexta-feira é exatamente o que queremos mostrar. Que o carro é suficientemente bom e a equipa é suficientemente boa.
No troço longo de sábado de manhã, estávamos ao nível do [Ott] Tänak.
Penso que saímos da Grécia com uma série de coisas positivas e ainda temos algumas oportunidades, este ano, para melhorarmos isso”, disse.

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
últimas Autosport Exclusivo
últimas Autosport
autosport-exclusivo