WRC: Muito por corrigir no Rali Safari

Por a 8 Julho 2019 13:52

Quando demasiadas equipas ficam ‘presas’ num único troço, sendo muito poucas que os conseguem ultrapassar sem grandes problemas é sinal que algo correu muito mal, e que o percurso não foi muito bem avaliado.
O Rali Safari, prova candidata ao calendário de WRC de 2020 acabou em caos depois de quase nenhuma equipa ter sido capaz de terminar o último troço da prova, de 38 Km, deixando algumas dúvidas relativamente aos organizadores do evento.

Buracos enormes já tinham causado a desistência de algumas equipas, na primeira passagem por alguns troços, mas a última passagem foi totalmente caótica.

A liderança foi herdada por Baldev Chager (Mitsubishi) que começou o último dia 19.6 segundos atrás de Manvir Baryan (Skoda), líder antes da última etapa, e atrás de Onkar Rai (Skoda) que era segundo. Rai teve um acidente e Chager viu-se repentinamente a lutar pela vitória. Manvir Baryan teve problemas e caiu para terceiro.

O evento teve várias dificuldades de organização, inclusive quando as condições meteorológicas obrigaram ao cancelamento da segunda especial. A FIA decide esta semana os eventos de 2020, sendo que o Safari Rali e Japão estão na lista para entrar no calendário.
Há, como se sabe, muita vontade de levar o WRC novamente para o Quénia, mas se calhar é melhor começar a pensar em preparar carros específicos para aquele evento, tal como sucedia no passado.

Martin Holmes

3
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
Solberg2003
Membro
Solberg2003

Não penso que o evento tenha sido um total desorganização! Cancelamento por condições meteorológicas ou estado dos troços acontecem em todos os rallye, mesmo no mundial temos exemplos disso, penso que teria sido pior se fosse por causa do público .. ou por vida selvagem na pista! E sim, realmente o que aconteceu naquele troço em os concorrentes ficaram presos foi dramático, mas é quase certeza que o Safari estará de volta o ano que vem, os organizadores terão que rever esse troço e a construção de carro específicos já era quase uma realidade que as equipas iriam enfrentar de… Ler mais »

christopher-shean
Membro
christopher-shean

Pois… Se houve de facto erros na organização, de certo aprenderam a lição?

c_s_amaral
Membro
c_s_amaral

O “antigo” Safari, assim como outro rali que se realizava em africa (Costa do Marfim?) eram autenticas provas de todo terreno que obrigaram as marcas a terem versões expecificas para essas provas. Hoje em dia esse tipo de provas passaram definitivamente para a vertente todo terreno.
Ou consequem fazer um “Safari” em estradas normais ou equeçam, porque os WRC’s atuais não foram feitos para isso.

últimas Ralis
últimas Autosport