Subaru no WRC em 2022 com Oliver Solberg?

Por a 16 Novembro 2019 15:55

O mais recente rumor refere que a Subaru pode regressar ao WRC em 2022, no começo da era híbrida da competição. A nova regulamentação está prevista ser conhecida em detalhe no próximo mês. Na informação original oriunda do Japão fala-se na reedição da ligação Solberg-Subaru. E esta, heim?

Depois de se terem retirado dos ralis em 2009, a empresa-mãe da Subaru, a Fuji Heavy Industries, justificou-se com um “ambiente negocial que mudou drasticamente devido à rápida deterioração da economia global” referindo que a sua participação no WRC ao longo dos anos alcançou as metas originalmente propostas. Para além disso, a marca estava confortável com os 2.0 litros turbo, mas o downgrade imposto pela FIA para 2011, não ajudou em nada à manutenção da marca, já que não tinham sequer um motor 1.6 litros turbo na sua gama, nem estavam dispostos a gastar dinheiro no desenvolvimento de um novo motor.

Agora, segundo rezam as crónicas, o fabricante japonês pode estar a ponderar voltar ao campeonato que lhe proporcionou mais sucessos em termos desportivos no passado e aproveitar a chegada dos híbridos ao WRC. As informações chegam do Japão, pelo que não deve haver fumo sem fogo, mas essas informações são ainda muito escassas, e referem somente processos de intenção. Claro que todos os acontecimentos deste tipo começam desta forma. Rumores, processos de intenção, até se esfumarem, ou ganharem vida.

Certo que é este seria uma grande notícia para o WRC numa altura em que já é certa a perda do maior vencedor de sempre da história do WRC, a Citroën, que enquanto não se decide sobre 2020, já revelou que não irá estar em 2022 no WRC.

Caso se confirme a Subaru, a sua base de fãs está somente adormecida, e depressa se irá revigorar, desde que o impacto seja semelhante ao que foi no início dos anos 90.

A informação traz outro detalhe: A base do carro é o Subaru XV Hybrid. Como se sabe, as novas regras do WRC de 2022 preveem que os construtores instalem carroçarias em chassis tubulares, o que abre a possibilidade de escolherem modelos fora do Segmento B, que têm sido a base de carroçarias do WRC desde 2011, quando entraram em vigor as regras dos 1.6 litros turbo.

Fala-se igualmente na vontade de terem a M-Sport como parceiro, aproveitando o know-how. Vamos ter que esperar para saber mais, mas se esta informação servir para pressionar a Ford, já é bom. De qualquer forma, não será fácil que uma união de mais de duas décadas da M-Sport com a Ford se desfaça.

Outro detalhe que é referido no artigo original japonês é que na lista de desejos da Subaru estaria Oliver Solberg, que curiosamente corre com a Subaru Rally Team USA, no campeonato norte-americano de ralis. Seria a cereja no topo do bolo, já que refazer uma ligação Solberg-Subaru no WRC era um bom passo para ultrapassar muitas etapas de marketing. E 2022 dava tempo ao jovem norueguês de ‘crescer’. Um caso a seguir.

4
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
mcrae
Membro
mcrae

Já tinha pensado nesta hipótese de reeditar a dupla Subaru-Solberg.
Ganhavam logo muito ao nível do marketing.
Espero que sirva para fazer pressão sobre a Ford e que estes se recusam a apoiar mais a MSport.
Só faltava vir a Fiat substituir a citroen e a Mitsubishi

kanen27
Membro
kanen27

Ainda tenho esperança que Carlos Tavares faça renascer a Lancia nesta hera hibrida / eletrica

ecs
Membro
ecs

Seria um regresso muito saudado. A hipótese MSport também seria muito interessante, que já merece uma parceria com um construtor que invista realmente para ganhar.

Edgar Oliveira
Membro
Edgar Oliveira

Seria fantástico … fingers crossed !

últimas Destaque Homepage
últimas Autosport