ERC: LUKYANUK LIDERA NAS CANÁRIAS

Por a 3 Maio 2019 22:05

Alexey Lukyanuk segue na frente do Rally Islas Canarias, segunda ronda do ERC 2019, depois de cumprida a primeira etapa do evento.
O russo, contudo, não detém grande vantagem sobre os seus perseguidores pois também não conseguiu com o Citroën C3 R5 igualar os tempos obtidos em anos anteriores com a sua anterior viatura nestas mesmas classificativas.
Mesmo sem saber se essa diminuição de ritmo se deve ao carro ou aos pneus, Lukyanuk julga estar em condições de poder obter a sua quarta vitória consecutiva neste evento que termina amanhã.

Na segunda posição e a 3,8 segundos do líder segue Pepe Lopez no Citroën C3 R5 que chegou a comandar a classificação. O piloto espanhol não resistiu ao ataque do atual comandante no final da primeira ronda mas o bom acerto encontrado para uma tarde muito calor permite-lhe continuar a acalentar esperanças de quebrar a senda vitoriosa do campeão europeu em Las Palmas. Prova uma vez mais combinando na perfeição inteligência e velocidade tem realizado Chris Ingram, que segue no lugar mais baixo do pódio.
Novamente muito rápido mas novamente azarado foi Pierre-Louis Loubet, atualmente oitavo, claramente um dos pilotos mais rápidos do dia mas que perdeu cerca de meio minuto na PE 3 com um desgaste anormal dos pneus, algo que, em simultâneo com algumas falhas de travões, afligiu muitos dos homens da frente. Se Alberto Monarri lidera com o seu Fiat 124 Abarth Rally o ERC2, o ERC3 tem sido palco do domínio dos pilotos franceses da categoria. Yohan Rossel ainda conseguiu manter durante alguns troços cronometrados o seu Peugeot 208 R2 mas depois teve que se vergar perante a maior potência do Renault Clio R3T de Florian Bernardi.

Já no que toca ao ERC3 Junior é o também gaulês Jean-Baptiste Franceschi quem segue destacado na frente apoiado na melhor adaptação do seu Ford Fiesta R2T com motor turbo a uma prova em que as grandes diferenças de nível comprometem o desempenho das viaturas atmosféricas.
Sindre Furusteh é segundo na frente do espanhol Effren Llarena em quem quase todos depositavam as suas apostas. Pedro Antunes segue na quarta posição, separado por margens importantes de terceiro e quinto classificados, após uma etapa em que descobriu o abrasivo asfalto de Gran Canaria e em que teve que adaptar o seu estilo de condução a um traçado muito exigente a esse nível.

João F. Faria

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas ERC
últimas Autosport