F1: Haas voltou a desapontar

Por a 15 Abril 2019 12:04

Foi mais um fim de semana mau para a Haas. A equipa americana apresentou sinais de recuperação, após uma má prestação no Bahrein, e a qualificação deu-nos uma Haas mais competitiva, dentro do top 10.

No entanto, a corrida voltou a não correr de feição para Kevin Magnussen e Romain Grosjean, ambos fora dos pontos no final da corrida:

“Eu não tive ritmo hoje, e temos de trabalhar no ritmo da corrida”, disse Magnussen. “A qualificação tem sido boa durante todo o ano, até agora, só temos de resolver o ritmo da corrida – é o mais importante agora.”

Magnussen admite que não entende como acontece uma diferença de performance tão grande de um momento para o outro:

“Há algum trabalho a fazer. Eu realmente não entendo neste momento e todos temos de tentar perceber o que se passou. Não é fácil. É frustrante ver que temos um bom carro, que pode qualificar-se bem, e não podemos converter esse potencial em ritmo de corrida. “

A Haas apenas pontuou na primeira corrida do ano e desde então tem sentido dificuldades com o carro que parece ser este ano mais sensível e com uma janela operacional mais reduzida.

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
Antonio
Membro
Antonio

Aqui há marosca…estão nos testes a UN da Ferrari é a mais forte, já à dois anos que tem o melhor motor, e de repente não tem fiabilidade nenhuma? A FIA que investigue, como podem andar tanto na mó de cima como na de baixo. Devem estar a mexer ilegalmente no sistema de baterias, dai que saiam mais rápidos nas curvas. Só trafulhice.

últimas F1
últimas Autosport