Fórmula E, Félix da Costa: “Acho que este ano vai haver cinco ou seis equipas fortes…”

Por a 30 Novembro 2017 12:52

Este fim de semana arranca em Hong Kong o primeiro de 13 eventos da Fórmula E, que se estendem até julho de 2018. António Félix da Costa vai para a sua quarta época na competição, duas com a Amlin/Team Aguri e mais uma com a MS Amlin Andretti. Esta temporada é a última antes da chegada oficial da BMW à competição: “Ainda não somos uma equipa de fábrica, e isso mete-nos um travão, pois o nosso orçamento fica muito abaixo das equipas oficiais, pelo que é complicado” começou por dizer Félix da Costa, que está convicto que este vai ser o ano mais interessante de todos: “Vai ser interessante! O plantel da Fórmula E é cada vez melhor, nesta grelha não há um piloto mau. Com um bom carro, qualquer um destes pilotos consegue ganhar uma corrida. A diferença entre muitos dos carros da grelha da Fórmula E o ano passado era grande mas este ano vai reduzir muito. Em vez de duas equipas muito boas como no ano passado, acho que este ano vai haver cinco ou seis e depois vai haver três mais fraquinhas” disse Félix da Costa, que vê chegar à competição novos pilotos: “O (Andre) Lotterer e o (Neel) Jani são dois pilotos que eu respeito muito, muito rápidos, os meus próprios colegas de equipa, o (Kamui) Kobayashi, vamos ver o que sai daqui, ele vem a Hong Kong e depois será a vez do (Tom) Blomqvist. E depois há o (Edoardo)Mortara, rapidíssimo, mas a Fórmula E é muito mais do que ser rapidíssimo, tens que ser é muito inteligente, e convém ter um bom carro, cada vez mais”, disse o piloto.

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
últimas FORMULA E
últimas Autosport