As primeiras emoções da Velocidade no Circuito de Braga

Por a 18 Maio 2019 23:27

Depois da ronda de abertura no Estoril, a segunda prova dos Campeonatos de Portugal de Velocidade começou este sábado, no Circuito Vasco Sameiro, em Braga, numa jornada promovida pela ANPAC e sob a organização desportiva do CAMI Motorsport.

Mais de 70 concorrentes estão na pista bracarense divididos pelos quatro campeonatos nacionais de circuitos sob a égide da FPAK: Campeonato de Portugal de Velocidade Clássicos, Campeonato de Portugal de Velocidade Clássicos 1300, Campeonato de Portugal de Velocidade Legends e Open de Portugal de Velocidade. Hoje disputaram-se as sessões de treinos livres, treinos cronometrados e, no caso do Open de Portugal de Velocidade, a primeira corrida do fim de semana.

O pelotão do Campeonato de Portugal de Clássicos e Clássicos 1300 (CPVC e CPVC 1300) tem um total de 29 concorrentes em Braga e a sessão de treinos cronometrados foi liderada por João Macedo Silva (Porsche 911 RSR), que garantiu a pole positon com uma volta em 1m24,984s. Os pilotos dos Ford Escort RS foram os mais diretos perseguidores de João Macedo Silva, com Rui Costa a ficar a 0,783s do Porsche, logo seguido por Rui Azevedo e Rui Alves, que amanhã vão partir da segunda linha da grelha.

Nos Clássicos 1300, José Fafiães conseguiu o melhor tempo ao volante do Datsun 1200, com uma volta em 1m34,257s, seguido por Bruno Pires (Datsun 1200), enquanto João Braga (Datsun 1200) e a dupla Paulo Miguel / Fernando Charais (MG Midget), asseguraram presença na segunda linha do CPVC 1300. As duas corridas dos Clássicos e Clássicos 1300 estão agendadas para as 11h50 e 16h10 de amanhã.

A competição entre os Legends promete mais um espetáculo de grande nível, com um pelotão de 28 viaturas de diferentes épocas e especificações. Luís Barros conseguiu o melhor tempo dos treinos cronometrados, ao volante do Ford Sierra RS500, estabelecendo o tempo de 1m26,486s na sua melhor volta. O outro carro da VLB Racing, o Mercedes 190 DTM pilotado por Vasco Barros, ficou a 0,989s da pole position, seguido pelo Volvo 850 da dupla Eduardo Monteiro / António Areal. O BMW 320d de Manuel Pedro Fernandes e Hugo Mestre conseguiu o quarto melhor registo nos treinos cronometrados dos Legends, que terão as suas duas corridas amanhã, respetivamente às 10h50 e 15h10.
A grelha do Open de Portugal de Velocidade cresceu para 14 carros face à prova de estreia, no Estoril, divididos pelas diferentes categorias desta nova competição criada pela FPAK e a ANPAC. Miguel Lobo (Mercedes AMG GT4) e José Correia (Nissan Nismo GT-R GT3) conseguiram, respetivamente, os melhores tempos nas duas sessões de treinos cronometrados, que determinam as grelhas de partida para as duas primeiras corridas do fim de semana.

Miguel Lobo entra a ganhar no Open de Velocidade

Na Corrida 1, que encerrou o programa deste sábado em Braga, Miguel Lobo conseguiu levar o Mercedes à vitória, embora não exista um campeonato absoluto no Open de Velocidade. O jovem piloto de Paços de Ferreira só perdeu momentaneamente o comando para Nuno Batista (Porsche 997 GT3 Cup), passando a liderar o pelotão a partir da segunda volta. Quando faltavam cerca de seis minutos para o final da corrida, o SEAT León Mk3 de Pedro Marques teve um problema mecânico e ficou parado na pista, obrigando à entrada do Safety Car.

A corrida terminou com o pelotão atrás do carro de segurança, numa altura em que Nuno Batista (vencedor da categoria G2) já tinha conseguido subir ao segundo lugar da geral, posição que chegou a ser ocupada por Francisco Mora, ao volante do SEAT Cupra da categoria TCR. Gonçalo Manahu, a fazer a sua estreia no Open de Velocidade com o Porsche 997 GT3 Cup, foi o quarto classificado da geral, seguido por Daniel Teixeira, no SEAT León Mk3 da categoria TCR DSG. Paulo Martins colocou o Volkswagen Golf na sexta posição, logo seguido pela jovem Gabriela Correia (SEAT León Mk3), que tal como José Correia e Pedro Marques, teve de partir para a corrida da via das boxes. A dupla Jorge Silva / Pedro Silva é outra estreia no Open de Velocidade e levou o Renault Clio ao oitavo lugar da geral, logo na frente do Honda Civic Type R de André Tavares e Miguel Mota. Outra presença de saudar na grelha do Open foi a do conhecido piloto bracarense Jorge Rodrigues, com o Fiat 500 Abarth de troféu, que terminou na frente de outro 500 Abarth, o de Kiko Mora, enquanto José Fafiães completou a classificação, com o Mazda MX5, numa corrida onde José Correia rumou às boxes com o Nissan GT-R logo após a primeira volta.

A segunda corrida Sprint (20 minutos) do Open de Portugal disputa-se amanhã, às 10h00, enquanto a corrida de Endurance (40 minutos) está agendada para as 14h00.

TEMPOS ONLINE – CLIQUE AQUI

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas Open de Velocidade
últimas Autosport