As primeiras emoções da Velocidade no Circuito de Braga

Por a 18 Maio 2019 23:27

Depois da ronda de abertura no Estoril, a segunda prova dos Campeonatos de Portugal de Velocidade começou este sábado, no Circuito Vasco Sameiro, em Braga, numa jornada promovida pela ANPAC e sob a organização desportiva do CAMI Motorsport.

Mais de 70 concorrentes estão na pista bracarense divididos pelos quatro campeonatos nacionais de circuitos sob a égide da FPAK: Campeonato de Portugal de Velocidade Clássicos, Campeonato de Portugal de Velocidade Clássicos 1300, Campeonato de Portugal de Velocidade Legends e Open de Portugal de Velocidade. Hoje disputaram-se as sessões de treinos livres, treinos cronometrados e, no caso do Open de Portugal de Velocidade, a primeira corrida do fim de semana.

O pelotão do Campeonato de Portugal de Clássicos e Clássicos 1300 (CPVC e CPVC 1300) tem um total de 29 concorrentes em Braga e a sessão de treinos cronometrados foi liderada por João Macedo Silva (Porsche 911 RSR), que garantiu a pole positon com uma volta em 1m24,984s. Os pilotos dos Ford Escort RS foram os mais diretos perseguidores de João Macedo Silva, com Rui Costa a ficar a 0,783s do Porsche, logo seguido por Rui Azevedo e Rui Alves, que amanhã vão partir da segunda linha da grelha.

Nos Clássicos 1300, José Fafiães conseguiu o melhor tempo ao volante do Datsun 1200, com uma volta em 1m34,257s, seguido por Bruno Pires (Datsun 1200), enquanto João Braga (Datsun 1200) e a dupla Paulo Miguel / Fernando Charais (MG Midget), asseguraram presença na segunda linha do CPVC 1300. As duas corridas dos Clássicos e Clássicos 1300 estão agendadas para as 11h50 e 16h10 de amanhã.

A competição entre os Legends promete mais um espetáculo de grande nível, com um pelotão de 28 viaturas de diferentes épocas e especificações. Luís Barros conseguiu o melhor tempo dos treinos cronometrados, ao volante do Ford Sierra RS500, estabelecendo o tempo de 1m26,486s na sua melhor volta. O outro carro da VLB Racing, o Mercedes 190 DTM pilotado por Vasco Barros, ficou a 0,989s da pole position, seguido pelo Volvo 850 da dupla Eduardo Monteiro / António Areal. O BMW 320d de Manuel Pedro Fernandes e Hugo Mestre conseguiu o quarto melhor registo nos treinos cronometrados dos Legends, que terão as suas duas corridas amanhã, respetivamente às 10h50 e 15h10.
A grelha do Open de Portugal de Velocidade cresceu para 14 carros face à prova de estreia, no Estoril, divididos pelas diferentes categorias desta nova competição criada pela FPAK e a ANPAC. Miguel Lobo (Mercedes AMG GT4) e José Correia (Nissan Nismo GT-R GT3) conseguiram, respetivamente, os melhores tempos nas duas sessões de treinos cronometrados, que determinam as grelhas de partida para as duas primeiras corridas do fim de semana.

Miguel Lobo entra a ganhar no Open de Velocidade

Na Corrida 1, que encerrou o programa deste sábado em Braga, Miguel Lobo conseguiu levar o Mercedes à vitória, embora não exista um campeonato absoluto no Open de Velocidade. O jovem piloto de Paços de Ferreira só perdeu momentaneamente o comando para Nuno Batista (Porsche 997 GT3 Cup), passando a liderar o pelotão a partir da segunda volta. Quando faltavam cerca de seis minutos para o final da corrida, o SEAT León Mk3 de Pedro Marques teve um problema mecânico e ficou parado na pista, obrigando à entrada do Safety Car.

A corrida terminou com o pelotão atrás do carro de segurança, numa altura em que Nuno Batista (vencedor da categoria G2) já tinha conseguido subir ao segundo lugar da geral, posição que chegou a ser ocupada por Francisco Mora, ao volante do SEAT Cupra da categoria TCR. Gonçalo Manahu, a fazer a sua estreia no Open de Velocidade com o Porsche 997 GT3 Cup, foi o quarto classificado da geral, seguido por Daniel Teixeira, no SEAT León Mk3 da categoria TCR DSG. Paulo Martins colocou o Volkswagen Golf na sexta posição, logo seguido pela jovem Gabriela Correia (SEAT León Mk3), que tal como José Correia e Pedro Marques, teve de partir para a corrida da via das boxes. A dupla Jorge Silva / Pedro Silva é outra estreia no Open de Velocidade e levou o Renault Clio ao oitavo lugar da geral, logo na frente do Honda Civic Type R de André Tavares e Miguel Mota. Outra presença de saudar na grelha do Open foi a do conhecido piloto bracarense Jorge Rodrigues, com o Fiat 500 Abarth de troféu, que terminou na frente de outro 500 Abarth, o de Kiko Mora, enquanto José Fafiães completou a classificação, com o Mazda MX5, numa corrida onde José Correia rumou às boxes com o Nissan GT-R logo após a primeira volta.

A segunda corrida Sprint (20 minutos) do Open de Portugal disputa-se amanhã, às 10h00, enquanto a corrida de Endurance (40 minutos) está agendada para as 14h00.

TEMPOS ONLINE – CLIQUE AQUI

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas Open de Velocidade
últimas Autosport
Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.