Sébastien Loeb: «Subestimei as notas!»

Por a 20 Maio 2007 17:31

A terceira e última etapa do Rali Itália/Sardenha ficou marcada pelo inesperado abandono de Sébastien Loeb, o então líder destacado. O francês da Citroen começava o dia com mais de meio minuto de vantagem para Gronholm, mas uma saída de estrada, logo no primeiro troço, retirou-lhe a hipótese de vencer esta prova pela terceira vez.

Todos sabemos que os ralis só terminam no fim, pois tudo pode acontecer, mesmo depois do pódio final, veja-se o exemplo dos Ford em Portugal, desclassificados nas verificações finais. O francês cometeu um dos poucos erros da sua carreira e agora dista sete pontos de Marcus Gronholm. Com nove provas do Mundial pela frente, está obviamente tudso em aberto, e quem afinal mais ganhou com isto tudo foi a competitividade do Mundial:

«Não entrei com o ritmo certo nesta especial e acabei por subestimar as notas. Fui demasiado optimista depois de um ligeiro salto, e aterrei fora da linha ideal de forma a negociar correctamente a curva seguinte. As rodas cortaram demasiado a curva e saí largo. Tentei trazer de novo o carro para alinha ideal mas a roda da frente esquerda bateu numa rocha grande, danificando a suspensão. O carro acabou por sair de estrada, caindo numa vala. A custo, ainda consegui prosseguir, só que a suspensão estava seriamente danificada, pois verifiquei que tinha a roda debaixo do carro e depressa percebi que não ia a lado nenhum. O abandono foi mesmo inevitável. Foi o pior que podia ter acontecido já que nada justifica este erro, porque a diferença possibilitava-nos controlar até final. Continuamos com as possibilidades do campeonato em aberto já que ainda não se chegou sequer a metade do campeonato, mas a verdade é que temos de inverter a tendência.», contou, naturalmente desolado.

últimas Ralis
últimas Autosport