/maismotores/marco-simoncelli-e-dan-wheldon-ja-passaram-10-anos/
 

Marco Simoncelli e Dan Wheldon: já passaram 10 anos


O desporto motorizado é um palco de glória e superação humana mas também de risco e de tragédia. O ano de 2011 ficou inevitavelmente marcado pelo desaparecimento de Marco Simoncelli no MotoGP e de Dan Wheldon na Indycar, dois talentos das respetivas modalidades que sucumbiram a violentos acidentes em Sepang e Las Vegas.
A morte do italiano, de 24 anos, assumiu contornos chocantes pois milhões de espetadores em todo o mundo puderam ver as horríveis imagens do seu atropelamento pelas motos de Colin Edwards e Valentino Rossi, lançando nova discussão em torno das condições de segurança no motociclismo moderno. Uma semana antes, o britânico Wheldon (33 anos) já tinha sofrido um despiste fatal na 11ª volta da corrida na Las Vegas Speedway.
Dois mártires de um desporto tão fascinante quanto perigoso.