Istambul nas mãos de um Top-Gun

Por a 4 Junho 2007 16:07

Istambul nas mãos de um Top-Gun

Não podia ter sido mais intensa a disputa dos céus de Istambul na chegada à Europa do Red Bull Air Race World Series. Com mais de um milhão a assistir, o grande protagonista foi um ex-Top Gun da US Air Force.

De regresso aos planos de água e às altitudes neutras do nível do mar, o Red Bull Air Race World Series iniciou no último fim-de-semana mais uma digressão pelo Velho Continente. Em Istambul, o percurso da corrida coincidiu simbolicamente com a fronteira que divide a Ásia e a Europa – cenário de pontes históricas que recebeu para cima de um milhão de espectadores.

Nos cerca de dois quilómetros que separam as pontes de Gálata e Ataturk, a velocidade alucinante dos 13 pilotos em competição provou a razão deste mundial ser já conhecido como a nova Fórmula 1 dos céus. O britânico Paul Bonhomme, que divide o seu tempo entre os comandos do irrequieto Extra 300 e a cabine do gigantesco Jumbo 747, continua intocável na liderança deste mundial.

No entanto, o grande protagonista da corrida de Istambul dá pelo nome de Mike Mangold. O norte-americano que venceu a primeira edição do Red Bull Air Race World Series em 2005 está assim de regresso às vitórias. A mais de 400 Km/hora e enfrentando forças limite de 10G, o antigo Top-Gun da Força Aérea Americana arrasou a concorrência e deixou na final Bonhomme sem capacidade de resposta. Emocionado, Mangold dedicou o primeiro lugar aos seus mecânicos; “Devo esta vitória à minha equipa, pois danifiquei a ponta da asa do avião nos treinos e não tinha garantias de poder disputar a corrida”. Bonhomme reconheceu o grande momento de forma do seu adversário; “Foi mesmo impossível bater o Mike. Ele foi fantástico!”.

A discussão do título está assim relançada, numa altura em ficou cumprida a quarta corrida da temporada. Na séries de consolação que decidiu quem merecia o lugar mais baixo do pódio, foi outro norte-americano quem ditou a lei. O Campeão do Mundo em título Kirby Chambliss travou a espectacular progressão do piloto espanhol Alejandro Maclean, que está decididamente apostado em fazer parte do pelotão da frente.

O “tour” europeu do Red Bull Air Race World Series prossegue a 15 de Julho com uma escala inédita em Interlagos, Suíça. Já a despedida do Velho Continente tem lugar em Setembro na cidade do Porto, que recebe este ano a única etapa ibérica da competição.

Calendário 2007

05 – Interlagos [Suíça] 15 Julho
06 – Londres [Reino Unido] 29 Julho
07 – Budapeste [Hungria] 20 Agosto
08 – Porto [Portugal] 01 Setembro
09 – San Diego [EUA] 22 Setembro
10 – Perth [Austrália] 04 Novembro

últimas MAIS MOTORES
últimas Autosport