GP do Brasil de Fórmula 1: Horários

Por a 16 Novembro 2019 09:03

Para a penúltima corrida do Campeonato Mundial de Fórmula 1, a competição faz sua única visita da campanha à América do Sul, para a 20ª prova, o Grande Prémio do Brasil, evento que se realiza no Autódromo José Carlos Pace, em São Paulo.

Mais habitualmente denominado Interlagos, a configuração de 4.309 km do circuito, coloca-o como a terceira pista mais curta em extensão de todo o calendário, depois do Mónaco e Cidade do México, mas o traçado ainda apresenta muitos desafios.

Os pilotos são testados por uma sequência ondulada de curvas de velocidade média e lenta, pelo que encontrar a afinação perfeita pode ser complicado, pois as equipas precisam de equilibrar o desejo de mais força descendente na secção mais apertada e sinuosa do traçado com a necessidade de minimizar o arrasto nas secções de alta velocidade.
A frequência das curvas de velocidade média coloca muita energia lateral nos pneus e as taxas de desgaste tendem a ser elevadas, particularmente na traseira direita, devido à natureza anti-horária da pista.

Para lidar com as exigências, o fornecedor de pneus Pirelli propôs para este fim de semana os compostos mais duráveis de sua linha de produtos.
O C1 é nomeado como pneu duro, o C2 como meio e o C3 é o composto mais macio deste fim de semana.

É uma seleção já vista em outros circuitos de alto desgaste neste, como o Bahrain, Espanha, Grã-Bretanha, Bélgica e Japão, todos com o mesmo ‘spread’ Cl-C3.

Com ambos os títulos do campeonato do mundo já decididos, a atenção volta-se para as posições mais atrás. Na classificação dos pilotos, Valtteri Bottas (Mercedes), está garantido o segundo lugar, mas atrás dele a batalha pelo terceiro lugar conta com Charles Leclerc (Ferrari), na ‘frente’ com 249 pontos, com Max Verstappen (Red Bull9, 14 pontos mais atrás e Sebastian Vettel (Ferrari), outros cinco pontos à ‘deriva’.

Na batalha dos Construtores, a luta mais equilibrada é pelo sexto lugar, com apenas um ponto a separar a Racing Point (65 pontos) e a Toro Rosso (64).

1º GP 1973
Voltas 71
Circuito 4.409 km
Corrida 305.909 km
Recorde 1m10.540s (Valtteri Bottas, 2018)

Horário
Sexta-Feira, 15 Novembro
Treino livre 1 14:00 – 15:30
Treino livre 2 18:00 – 19:30
Sábado, 16 Novembro
Treino livre 3 15:00 – 16:00
Qualificação 18:00 – 19:00
Domingo, 17 Novembro
Corrida 17:10

3
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
PedroCunha
Membro
PedroCunha

Os horários não estão mal? Estão todos adiantados 1h menos o da corrida certo?

herby
Membro
herby

Iambém tenho a certeza que estão errados.Era urgente corrigirem.

kiotto_9
Membro
kiotto_9

tambem tinha essa ideia, mas afinal estã correto, o site da F1 tambem diz essas horas e os treinos 1 começaram às 14h

últimas F1
últimas Autosport