GP Canadá F1: Honda com um défice de motor maior do que o previsto

Por a 8 Junho 2019 13:02

Durante o Inverno, as fábricas da Honda e da Red Bull deram mostras de grande optimismo, mas, agora, perceberam que a diferença entre a Mercedes e a Honda é maior do que tinham previsto.

O Grande Prémio do Canadá coloca mais pressão nos motores. O diretor técnico da Honda na Fórmula 1, Toyoharu Tanabe assumiu que são precisas mais atualizações para poderam estar competitivos neste tipo de circuitos.

“A diferença para a Mercedes ainda é muito grande. É ainda maior do que se pensava anteriormente. Claro que não estou contente com isso. Felizmente, estamos competitivos em algumas corridas, mas ainda precisamos de muitas melhorias.”

No entanto, a fiabilidade do motor Honda melhorou muito. Algo que nunca foi resolvido durante o seu tempo com a McLaren e que Toyoharu Tanabe realçou.

“Durante os anos da McLaren aprendemos com os momentos negativos. É tudo uma questão de aprendizagem e é assim que nosso relacionamento com a Red Bull melhora. Em última análise, queremos vencer o campeonato juntos.”

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas F1
últimas Autosport