F1: Sergio Pérez pode rumar à Haas

Por a 24 Setembro 2020 17:04

Sergio Pérez pode estar perto de assegurar a sua manutenção na Fórmula 1, já que correm rumores que tem um pré-contrato com a Haas.
Depois de se ter ficado a saber que iria sair da Racing Point no final deste ano, na sequência da contratação de Sebastian Vettel, o mexicano pode preferir manter-se na F1 ao invés de rumar à IndyCar. Questionado, Guenther Steiner foi evasivo: “é uma pena se o perdermos na Fórmula 1. O mesmo sucede com o Nico Hulkenberg. Quanto a nós, não sei o que vamos fazer. Há muitas opções. A Haas tem 10 opções em cima da mesa para a sua dupla de 2021”. A Speedweek assegura que “Sergio Pérez assinou um pré-contrato para ser piloto da Haas a partir de 2021, mas a equipa não o confirma”.
A informação não especifica se irá substituir Romain Grosjean ou Kevin Magnussen, mas desconfia-se que o francês tem os dias contados na F1…

9 comentários

  1. Homem do Leme

    24 Setembro, 2020 at 17:44

    Coitado…
    primeiro foi o covid, depois o Stroll a fazer a sua melhor época de F1, depois é corrido da RP e agora vai para a Haas… se calhar não era pior pensar na Fórmula E ou em ir para a F Indy…

    • JOAO GUEDES RODRIGUES JUNIOR JOAO

      24 Setembro, 2020 at 17:59

      Se o que foi noticiado sobre suas atitudes fora da F1 se expondo à covid, não há porquê ter pena. Quanto à Haas afora o motor ferrari que está uma droga este ano, a equipe poderia estar brigando bem mais à frente do que hoje se tivesse pilotos melhores.
      Pelos resultados apresentados em 18 e 19, creio que o maior problema da equipe sejam os pilotos. Já está na hora de colocar gente nova faz tempo e creio que o Péres ou o Hulk junto com um novato da academia ferrari seria o mais adequado para os próximos 2 anos.

      • 831AB0

        24 Setembro, 2020 at 18:07

        Vocês continuam a sobrevalorizar o Hulk. Façam um pequeno exercício: comparem os resultados de quando o Pérez e o Hulkenberg foram companheiros de equipa na Force India. Agora somem a isto os gloriosos ZERO pódios – a comparar com os 8 de Pérez e os 10 do Grosjean. Ou mesmo com o pódio do Kevin Magnussen no GP em que se estreou.
        Um piloto não se torna bom só porque muita gente diz que é.

        • Cágado1

          24 Setembro, 2020 at 23:41

          Gosto de ambos, acho-os bastante equiparados e é o que os resultados dos tempos da Force India dizem: 2×1 para o Pérez em termos de classificação final do mundial, mas com os dois sempre bastante perto.

  2. 831AB0

    24 Setembro, 2020 at 18:08

    Preferia que fosse para a Alfa Romeo, que me parece ter mais potencial que a Haas.

  3. Frenando_Afondo™

    24 Setembro, 2020 at 19:17

    E fica a Haas muito bem servida. Steiner não o quer revelar ainda para não desmotivar a sua actual dupla e deixar tudo em aberto para todos os tais da “lista”.

    Mas que troca de qualidade, sai o muito mediocre Grosjean para entrar um piloto que sabe ser competitivo no pelotão, fora toda a experiência que vem consigo.

    Espero que se confirme.

  4. *RPMS*

    24 Setembro, 2020 at 20:22

    É um bom piloto e é bastante regular. Traz também bons patrocínios. Se for para a Haas, será uma boa contratação por parte da equipa!
    Para ele, não sei se será a melhor opção, mas talvez seja o que está disponível neste momento.

    Cumprimentos

  5. Luís Sampaio Howell

    24 Setembro, 2020 at 21:51

    Será o fim dele

  6. speedy68

    25 Setembro, 2020 at 12:22

    Na cadeira de decisão da Williams, faría o contrato dele, antes de perdê-lo pra uma Haas ou AR … é urgente planear a temporada 2022 👍🏻

Deixe aqui o seu comentário

últimas F1
últimas Autosport