F1: Hakkinen quer guerra de pneus

Por a 11 Outubro 2018 16:15

O duas vezes campeão do mundo Mika Hakkinen falou sobre a F1 actual e sobre o que gostaria de ver mudado no futuro. O finlandês  acredita que há vários pormenores que poderia ser alterados de forma a que a F1 pudesse melhorar, mas que prefere não se focar demasiado nisso uma vez que não tem poder para fazer as mudanças.

Ainda assim o piloto acredita que uma guerra de fornecedores de pneus poderia ser boa para a F1:

“Não há competição – deve haver outros fabricantes, assim poderemos ter competição entre eles”, disse Hakkinen. “Quando eu falo com os pilotos, oiço que quando os pneus estão num certo pico e se o piloto puxar um pouco mais, eles apenas sobreaquecem. Não é uma crítica ao que a Pirelli faz, é apenas um facto de que deveria haver competição. Nós precisamos de competição. Isso é excitante.”

Outros dos factores que Hakkinen aponta para melhorar a F1 é dar mais tempo aos jovens pilotos:

“Para os jovens pilotos, entrar na F1 e um grande desafio. Na minha opinião, poderia ser muito mais útil se os jovens pilotos pudessem testar e desenvolver as suas capacidades. Qualquer desporto exige prática para os atletas melhorarem. Claro que temos o lado técnico dos carros… como se desenvolve o motor e o chassis, se não há permissão para testar? Podem-se computadores e simulações, mas isso não é o mundo real.”

Uma guerra de pneus traria certamente mais um motivo de interesse para a competição. Teríamos assim mais uma variável para incorporar e mais um factor que poderia desequilibrar a balança de forças, dando corridas mais imprevisíveis. Mas uma guerra de pneus faria certamente aumentar os custos, pois isso implica investigação por parte do fornecedor e mais testes por parte das equipas. E numa altura em que é preciso encontrar soluções para diminuir os custos, talvez uma guerra de pneus não seja a escolha ideal.

Além disso a Pirelli faz apenas o que lhe é pedido, apesar das constantes queixas de pilotos e equipas. A fornecedora italiana de pneus já afirmou que não teria qualquer problema em fazer pneus duráveis, mas as características são pedidas pelos responsáveis da F1 para que a estratégia tenha um papel fundamental na corrida. Ainda há poucos dias Hamilton queixava-se que demasiadas corridas tinha tido apenas uma paragem:

“Eu tenho de continuar a pedir um esforço à Pirelli porque os pneus são óptimos, mas isto das estratégias de uma paragem  é simplesmente ridículo. No próximo ano acho que eles precisam fornecer pneus ainda mais macios. Temos que fazer pelo menos duas paragens por corrida.”

A tarefa da Pirelli é complicada pois tem de encontrar o meio termo entre um pneu minimamente durável que mas que se degrade ao ponto de obrigar as equipas a pararem pelo menos duas vezes. Há uns anos atrás as queixas eram de que os Pirelli se desfaziam demasiado. Não é fácil encontrar o ponto que agrade a todos. Trazer mais um fornecedor a jogo poderia ser interessante mas não o suficiente para justificar o aumento de custos.

Mas Hakkinen tem razão ao dizer que as equipas deveria ter mais testes. Talvez seja preciso encontrar uma forma de rentabilizar os testes, aproveitando esse facto para levar a F1 onde habitualmente não vai, permitindo que os fãs tenham algum contacto com o desporto que gostam, que a marca se expanda e que as equipas possam testar mais soluções e dar tempo de pista a novos talentos. E aí sim os custos de uma competição de pneus pudesse ser diluído e fizesse sentido voltar a falar desse tema.  Talvez o custo acrescido compense, desde que feito com inteligência… e não falta gente inteligente na F1.

Hakkinen quer mais competição

Visualizou de 4 artigos abertos

O AutoSport limitou a 4, o número de artigos
que poderá ler sem fazer login
Para continuar a ler livremente
os artigos AutoSport,
por favor faça login aqui
Caso não esteja ainda registado,
faça agora aqui o seu
registo gratuito
  • Não é possível alterar o nome de utilizador.

    3
    Deixe um comentário

    Please Login to comment
    3 Comment threads
    0 Thread replies
    3 Followers
     
    Most reacted comment
    Hottest comment thread
    3 Comment authors
    Tiago Almeidapaulo.pinha35@gmail.commicael_micael_hotmail-com Recent comment authors
      Subscribe  
    Notify of
    MLS
    Membro
    MLS

    Se as equipas fossem “obrigadas” a ir para as duas paragens por corrida as corridas seriam muito mais interessantes.

    paulo pinha
    Membro
    paulo pinha

    Com todo o respeito e admiração que tenho pelo Mika Hakkinen, discordo da sua opinião acerca dos pneus. No passado, a “guerra” de fabricantes de pneus provocou uma escalada de custos para as equipas e desvirtuou o desporto automóvel. Numa altura em que a FIA e não só, pretende impôr um “tecto” financeiro às equipas, faz algum sentido propôr a entrada de outro(s) fabricantes de pneus? “Obrigar” as equipas a efectuarem dois pitstops para a troca de pneus, para “aumentar o espectáculo”, é mais uma ideia artificial como o DRS, que devia ser banido. As corridas são ganhas no “braço”… Ler mais »

    Bibókimi
    Membro
    Bibókimi

    Viva a lei da concorrência

    últimas F1
    últimas Autosport
    AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/motosport.png