/ralis/wrc/wrc-marcus-gronholm-e-que-tal-um-brilharete/
WRC: Marcus Gronholm, e que tal um ‘brilharete’? | AutoSport

WRC: Marcus Gronholm, e que tal um ‘brilharete’?

Por a 13 Janeiro 2022 10:26

O Mundial de Ralis 2022 pode ficar marcado por algumas situações curiosas, em determinados contextos. Apesar da mudança de era, com o fim dos World Rally Car como carros de topo no WRC passando a ser os novos Rally1 a pontificar como o pináculo do WRC, os World Rally Car 2017-2021 podem não desaparecer das provas já que continuam a ser aceites na competição.
Os pilotos são autorizados a utilizar os World Rally Car especificação de 2017 durante o Mundial de Ralis de 2022. O Conselho Mundial do Desporto Automóvel ratificou uma proposta da Comissão do WRC de que apenas os pilotos que não tenham marcado pontos para uma equipa de fabricantes (e não uma equipa do WRC) nas últimas cinco temporadas podem conduzir um World Rally Car 2017-2021, em 2022.
Pretende-se que os pilotos que competem sem apoio do fabricante ou numa base amadora possam utilizar os World Rally Cars em 2022, quando a maquinaria de Rally1 com base híbrida assumiu a categoria principal do WRC.
Porque não aparecer um bom piloto (ou vários) com um World Rally Car 2017-2021, que conseguissem fazer umas ‘gracinhas’ em provas do WRC. Sabe-se que os Rally1 devem ser um pouco mais lentos que os WRC 2017-2021, e mesmo não sendo provável que um piloto sem ser de topo, pudesse ombrear com os Rally1, talvez alguém como Marcus Gronholm, por exemplo, o pudesse fazer. Porque não?

Subscribe
Notify of
2 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
christopher-shean
christopher-shean
4 dias atrás

Sim, porque não?

jgorito
jgorito
4 dias atrás

Já não tem nível para este nível…

últimas Ralis
últimas Autosport
ralis