Q&A, WRC, Pierre Budar: “Rali do Chile é uma mais-valia para o campeonato”

Por a 15 Maio 2019 11:16

O que pensa desta primeira incursão do Rali do Chile no WRC?
“Acho que o evento constitui uma mais-valia para o Campeonato. Tendo conduzido nos Especiais durante os reconhecimentos, devo que dizer que os troços cronometrados são realmente muito interessantes. As estradas são rápidas e ondulantes, mas são também muito variadas. Também fomos muito bem recebidos pelos fãs locais. Estiveram especialmente efusivos e entusiasmados na cerimónia de partida e no final do rali, mas também estiveram presentes em grande número nas Especiais e nas Zonas de Assistência.

Que balanço faz desta sexta jornada?
“Foi, claramente, um fim de semana positivo, com o excelente segundo lugar alcançado pelo Sébastien e pelo Julien. Eles foram, mais uma vez, muito eficazes no ataque nestas Especiais totalmente novas, que requeriam uma boa dose de habituação. A sua perseverança foi recompensada com um bom resultado que os coloca de novo no topo da classificação. O outro fator de satisfação é o nível de rendimento obtido pelo Esapekka e Janne. Eles revelaram uma performance inteligente e amadurecida para garantir que terminavam a corrida, depois de, gradualmente, terem aumentado o seu ritmo. Tudo isto são bons augúrios para o resto do ano, especialmente porque agora vamos ter uma sucessão de provas que eles conhecem melhor. Acho que também ficou claro que fomos capazes de reagir e introduzir alguns pequenos melhoramentos, que deram certo, no curto espaço de tempo disponível entre a Argentina e o Chile. Dito isto, estamos plenamente conscientes de que estas mudanças não são ainda suficientes para lutar com as equipas mais rápidas em todas as condições, mas vamos intensificar os nossos esforços no sentido de continuar a melhorar o nosso rendimento e competitividade.”

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
Kankkunenfan
Membro

..”mas vamos intensificar os nossos esforços no sentido de continuar a melhorar o nosso rendimento e competitividade.” Ora a continuar a falar mais do que trabalhar na aplicação dos joker, a diferença será cada vez maior. Não em Ogier que deveremos comparar, mas sim no ano de Lappi com o Toyota e com o C3. Essa sim, é uma comparação valida, mesmo se Toyota e Hyundai andam numa corrida ao desenvolvimento dos seus carros não comparável a mais nenhuma equipa.

últimas Ralis
últimas Autosport