/maismotores/worldrx/euro-rx-suecia-joao-ribeiro-brilhou-na-prova-rainha/
Euro RX/Suécia: João Ribeiro brilhou na prova rainha | AutoSport

Euro RX/Suécia: João Ribeiro brilhou na prova rainha

Por a 4 Julho 2022 16:04

Algumas tradições nunca mudam, mesmo no mundo do Ralicross. Uma delas é a prova em pleno verão de Höljes na Suécia, organizada normalmente durante o primeiro fim de semana de Julho. No entanto, em comparação com as temporadas anteriores, o “fim de semana mágico” como é conhecida esta prova, este ano excecionalmente não fez parte do Mundial de Ralicross.
As corridas deste fim de semana pontuaram antes para o Europeu de Ralicross para os os carros RX1 (Supercars) e RX3 (Super1600), com a disputada segunda prova da temporada 2022, estando João Ribeiro e Nuno Araújo novamente presentes para representar ao mais alto nível as cores de Portugal com os seus Audi A1 S1600.

Como anunciado anteriormente, o Mundial de Ralicross 2022 está previsto ser um campeonato totalmente elétrico, mas a transição para os novos Supercars elétricos não está a correr de acordo com o plano inicial e vários problemas têm surgido. Um comunicado publicado pela FIA sobre o assunto dizia que “[…] devido ao longo prazo de entrega de certas componentes para montar nos novos carros, foi decidido adiar o início do Mundial de Ralicross para o último fim de semana de Julho […]”.Portanto, em vez de Höljes neste fim-de-semana, será antes Nürburgring, na Alemanha, no final de Julho, a ter honras de abertura da nova competição elétrica da FIA (com passagem por Montalegre a 17 e 18 de Setembro).

Voltando ao Euro RX3, no dia de sábado João Ribeiro arrancou bem com um 4º lugar na Q1, com Nuno Araújo a ser o 10º mais rápido na Q2, numa manga que não correu bem a João Ribeiro, com um toque a obrigá-lo à desistência. O domingo começou com a Q3 onde o piloto de Baltar conseguia o 11º lugar enquanto Araújo ficava-se pelo 15º. Com os 16 pilotos participantes a conseguirem entrar nas chamadas “corridas de progressão”, isso levou a termos quatro corridas de progressão com 4 carros cada para apurarmos os 15 pilotos que iriam disputar as três meias-finais de 5 carros. Na primeira meia-final João Ribeiro exibiu-se a um elevado nível para bater o rápido Kobe Pauwels (Audi A1). Já a segunda meia-final foi vencida por Marius Hansen (Škoda Fabia) e o estoniano Janno Ligur (Škoda Fabia) vencia a terceira meia-final. Feitas as contas finais, Kobe Pauwels e Damian Litwinowicz (Audi A1) também passaram para a decisiva Final. Já Nuno Araújo ficava-se pela meia-final 2 com um 4º lugar.

Marius Hansen teve o melhor arranque ao sinal verde e liderou a Final do início até à bandeira de xadrez. Infelizmente para Janno Ligur, a corrida acabava logo na primeira volta. Marius Hansen e o seu Skoda assumiam assim a liderança à frente de três Audi A1 com Ribeiro, Pauwels e Litwinowicz na perseguição ao norueguês. Pauwels e Litwinowicz passaram pela Joker-lap na segunda volta, enquanto o piloto português efetuava a sua mais tarde, permitindo que Pauwels o ultrapassasse para ser agora segundo. Na última volta o polaco Litwinowicz conseguiu ultrapassar João Ribeiro, no entanto mais tardeacabou por ser desqualificado pelos comissários, o que permitiu assim a João Ribeiro levar a bandeira de Portugal ao pódio do Europeu. O belga Kobe Pauwels lidera agora o campeonato Euro RX 3 com 36 pontos, à frente de João Ribeiro (26) e Litwinowicz (23).

Na prova do Euro RX1, foi Anton Marklund quem acabou declarado o vencedor, depois de na pista ter sido Oliver Solberg o mais rápido. No entanto o piloto oficial da Hyundai acabaria desclassificado após as verificações finais por ter peso a mais na proteção interior do seu i20. A próxima prova do Euro RX3 a ser disputada é Nurburgring a 30 e 31 de Julho.

Texto Duarte Mesquita

Classificação Final Euro RX Suécia – RX3

  1. Marius Hansen Skoda Fabia5 voltas em 4m01,272s
  2. Kobe PauwelsAudi A1 a 0.383s
  3. João Ribeiro Audi A1a 3.289s
  4. Janno LigurSkoda Fabia a 5 voltas
  5. Damian LitwinowiczAudi A1 – desqualificado

Classificação Final Euro RX Suécia – RX1

  1. Anton Marklund Hyundai i20 N RX 5 voltas em 3m41,936s
  2. Jean Baptiste Dubourg Peugeot 208 WRX a 2.019s
  3. Andreas Bakkerud Audi S1 quattro a 1 volta
  4. Johan Kristoffersson VW Polo GTi RX a 3 voltas
  5. Oliver Solberg Hyundai i20 N RX – desqualificado

Resumo Euro RX Suécia:

Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Infelizmente o Autosport não pode continuar a disponibilizar os seus artigos gratuitamente.
Já não é viável ter uma equipa de jornalistas profissionais sem que possamos vender o produto do nosso trabalho.
Tal como os jornais e revistas são pagos, também os conteúdos editoriais digitais terão que ser pagos.
Por favor subscreva o Autosport Exclusivo e ajude-nos a manter esta máquina em andamento!
São apenas 2€ por mês, subscreva agora AQUI
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Infelizmente o Autosport não pode continuar a disponibilizar os seus artigos gratuitamente.
Já não é viável ter uma equipa de jornalistas profissionais sem que possamos vender o produto do nosso trabalho.
Tal como os jornais e revistas são pagos, também os conteúdos editoriais digitais terão que ser pagos.
Por favor subscreva o Autosport Exclusivo e ajude-nos a manter esta máquina em andamento!
São apenas 2€ por mês, subscreva agora AQUI
últimas MAIS MOTORES
últimas Autosport
maismotores
Autosport

GRÁTIS
BAIXAR