/karting/karting-ases-do-volante-e-do-teclado-do-forum-www-autosport-pt/
 

KARTING Ases do volante e do teclado do forum www.autosport.pt


Provavelmente, algumas ‘caras’ ainda andam por aqui, mas já lá vai ‘algum’ tempo. Quase década e meia, mas o ‘assunto’ não está esquecido.
A 1ª Edição do AS Challenge, o troféu de Karting levado a cabo pelos foristas do site do AutoSport. O que começou com o simples ato de
participar num fórum e trocar ideias sobre uma paixão comum, foi evoluindo, e daí nasceu e cresceu uma grande família.

Os laços de amizade de então são bem diferentes dos de hoje, e se na altura as discussões também eram acirradas – então quando metia Senna e Prost – eram outros tempos da ‘net’, quando algumas das pessoas ainda não se tinham esquecido de que o respeito atrás do ecrã devia ser o mesmo que no cara-a-cara.

Na altura conhecíamos muita gente, fizeram-se várias iniciativas, até ‘romagens’ a troços míticos do Rali de Portugal. No fórum ‘nasceram’ novas casais, que deu em casamento, pelo menos um que me lembre.
E o que testemunhámos ao vivo foi ainda mais eloquente! Eram sintomáticas algumas frases ouvidas, que ilustravam na perfeição o espírito do AS Challenge, por ‘arrasto’ do fórum: «Amizade entre todos foi verdadeira, divertida e acima de tudo muito recompensadora » – (“Velho”), ou ainda: «Permitiu num curto espaço de tempo construir e solidificar muitas amizades, sendo este um dos principais pilares do troféu »- (“Zombie”). O convívio chegou ao ponto de ter congregado 27 pilotos em pista, na derradeira prova do troféu, em Palmela, entre os quais, o “Piscinas”, um dos mais antigos e carismáticos “foristas”, que trouxe da Suiça, o seu filho Jonas, um jovem piloto (na altura) de 11 anos.
“Juxpot”, um dos grandes impulsionadores, tanto do fórum, como do AS Challenge, resumia aquele que era o espírito do fórum AutoSport e a importância desta iniciativa: «Com muito empenho e dedicação, criámos e amparamos este ‘rebento’ desde a sua nascença. Em suma este troféu mostrou-se, em certo sentido, com uma metáfora de vida: com trabalho e paixão podemos alcançar objetivos e metas que, por vezes, nos parecem à partida irrealizáveis. Estou plenamente convicto que, em 2007, podemos continuar na senda do êxito e a procurar prestigiar, como temos tentado até aqui, o jornal AutoSport! ». Ah! é verdade, no meio disto tudo houve espaço para alguma competição, e essa, foi de se lhe tirar o chapéu, senão tome-se como exemplo a última corrida da “temporada”, que teve em pista 27 pilotos, e foi decidida, com recurso ao foto-finish, já que dois concorrentes, “Alesi” e “Gilhe” ficaram separados por…15 centésimos.
A vitória no cômputo das duas mangas foi para “Alesi” e o Troféu ficou na posse de “Gilhe”. Quanto ao Jonas, a “mascote” do AS Challenge, só não venceu a derradeira manga porque um concorrente atrasado o atrapalhou, obrigando-o a sair de pista. Bons tempos…