/formula1/f1/f1-ricciardo-e-o-futuro/
F1: Ricciardo e o futuro | AutoSport

F1: Ricciardo e o futuro

Por a 23 Abril 2018 10:30

Nos últimos dias surgiram notícias de um possível pré-acordo entre Daniel Ricciardo e a Ferrari o que poderia dar a indicação que o futuro do piloto australiano poderá passar por Maranello. No entanto, Ricciardo já veio desmentir a notícia, afirmando que se as equipas quiserem os seus serviços devem contacta-lo, algo que supostamente ainda não foi feito.

Ricciardo está à espera que as propostas cheguem e a exibição na China veio na hora exacta para o australiano. A qualidade do piloto não está em causa  mas de vez em quando é preciso uma exibição de encher o olho para motivar os responsáveis das outras equipas a puxar pelo livro de cheques. O piloto de 28 anos, não tem nada a provar, já mostrou a sua qualidade, é um dos pilotos mais acarinhados do grid e tem um valor de marketing muito grande, só superado por Hamilton. Quem comprar Ricciardo leva muito mais que um piloto e isso deve ser também tido em conta.

Se é evidente que quem quer que coloque o contrato à frente de Ricciardo vai ficar bem servido, é preciso ter em conta o que o piloto pretende. Com a chegada da nova regulamentação daqui por 2 anos, “Danny Ric” não pretende  um contrato de longa duração para poder ficar livre de escolher o seu futuro. Uma opção inteligente  pois com novos regulamentos chegam mudanças no grid mas o que poderá complicar a vida a nível negocial, pois tanto Mercedes como Ferrari irão tentar ficar com o piloto mais tempo. Nico Rosberg afirmou que a melhor opção para o actual piloto da Red Bull seria a Ferrari, pois têm neste momento o melhor carro do grid e Ricciardo conseguiria facilmente fazer frente a Vettel.

É um facto que Ricciardo já conseguiu destronar Vettel  e numa perspectiva puramente desportiva, se quiser mesmo sair da Red Bull, a Ferrari seria a opção mais “segura” neste momento. Ir para a Mercedes seria um mundo novo, com um piloto diferente e bem mais feroz no que diz respeito a lutas interna e um carro tendencialmente mais exigente e menos versátil.  O confronto com Hamilton seria um desafio maior, mas ao mesmo tempo o ambiente da Mercedes talvez fosse o mais adequado para Ricciardo. A Mercedes entendeu a necessidade do britânico ter um tratamento mais livre, com abertura para ir a festas e viajar pelo mundo. O próprio estilo de Hamilton mudou radicalmente desde que se mudou para a Mercedes, que viu que podia lucrar com a imagem do piloto ao mesmo tempo que lhe dava a liberdade para poder render a 100% em pista. Com a abertura revelada para Hamilton, seria provável que Ricciardo encontrasse vontade de o receber de forma a sentir-se em casa, enquanto que na Ferrari esse cenário não pareça ser tão linear. Mas o apelo da Scuderia é ainda forte e pilotar um monolugar com o Cavallino Rampante é sempre tentador, mais ainda quando têm a base ideal para lutar por títulos nos próximos dois anos e têm um piloto nº1 cujas forças e fraquezas já são conhecidas.

Há ainda a Red Bull, mas neste caso a proposta depende muito das melhorias que forem apresentadas no Canadá, tanto pela Renault como pela Honda. Ricciardo que lutar por títulos e a Red Bull não tem ainda motor para garantir isso, e está a avaliar as opções Renult e Honda com cuidado. Mas para Ricciardo isso poderá ser pouco e assim a hipótese de saída ganha cada vez mais força.

Talvez a melhor opção seja mesmo a Ferrari, tentar lutar pelo título nos próximos dois anos e depois então olhar de novo para o panorama geral e fazer uma nova avaliação. Daniel Ricciardo está numa posição de sonho… ter as melhores equipas atrás de si é uma dor de cabeça que qualquer piloto sonharia ter. Resta esperar para ver qual a opção que o piloto toma.

Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Infelizmente o Autosport não pode continuar a disponibilizar os seus artigos gratuitamente.
Já não é viável ter uma equipa de jornalistas profissionais sem que possamos vender o produto do nosso trabalho.
Tal como os jornais e revistas são pagos, também os conteúdos editoriais digitais terão que ser pagos.
Por favor subscreva o Autosport Exclusivo e ajude-nos a manter esta máquina em andamento!
São apenas 2€ por mês, subscreva agora AQUI
Subscribe
Notify of
14 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Infelizmente o Autosport não pode continuar a disponibilizar os seus artigos gratuitamente.
Já não é viável ter uma equipa de jornalistas profissionais sem que possamos vender o produto do nosso trabalho.
Tal como os jornais e revistas são pagos, também os conteúdos editoriais digitais terão que ser pagos.
Por favor subscreva o Autosport Exclusivo e ajude-nos a manter esta máquina em andamento!
São apenas 2€ por mês, subscreva agora AQUI
últimas F1
últimas Autosport
f1