/formula1/f1/f1-mercedes-tem-de-perceber-o-que-se-passou-com-o-carro-de-bottas/
F1: Mercedes tem de perceber o que se passou com o carro de Bottas | AutoSport

F1: Mercedes tem de perceber o que se passou com o carro de Bottas

Por a 10 Junho 2021 17:30

No habitual vídeo da Mercedes do “debrief” do GP do Azerbaijão, Mike Elliott, diretor de tecnologia da equipa, afirmou que a estrutura tem que perceber o que passou na corrida de Valtteri Bottas

“Bem, na verdade os set up eram bastante semelhantes, provavelmente a maior diferença entre os dois carros eram as asas. O Lewis correu um nível de downforce mais baixo, o nível que as simulações previram seria ótimo e o Valtteri escolheu um nível de downforce ligeiramente superior, algo que previmos seria um pouco mais lento, talvez um décimo de segundo mais lento por volta.”

Pelas palavras de Elliot que foi Bottas quem fez a escolha, ligeiramente mais lento que Hamilton, mas com uma diferença tão ligeira, essa não pode ser a única justificação para a diferença entre os dois pilotos.

“Então, como é que escolhemos isso e porque é que acabámos por ficar nessa posição? Bem, essa foi a escolha de Valtteri para gerir a asa traseira e ele fez isso, porque sentiu que isso seria mais rápido para ele. O que é preciso compreender é que [Baku] é um circuito difícil. É um circuito em que é bastante difícil conseguir temperatura nos pneus da frente e é um circuito em que é preciso muita confiança, porque as proteções estão realmente próximas. A entrada de temperatura nestes pneus é realmente importante e se necessário ir mais rápido, colocar um pouco mais de energia nos pneus, assim o carro será mais rápido como resultado e acabará numa espiral de desempenho positivo. Portanto, era mais importante que Valtteri estivesse satisfeito com o seu carro, que se sentisse confiante no seu carro, do que a pequena diferença que a simulação previu no desempenho final”.

Subscribe
Notify of
7 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
can-am
can-am
5 dias atrás

Querem obrigar o Bottas a andar mais depressa…mas ele é que não quer, faz birra !
Pelo que se está a ver neste comboio,o Hamilton bem pode tirar o cavalinho da chuva porque não vai contar com a ajuda do Bottas em nada para ganhar o mundial. E vai precisar mais cedo ou mais tarde.
Dá a sensação que ele se eclipsou e si próprio e vai andar sempre no miolo do pelotão bem quentinho !,quer a equipe queira,quer não
.E o mr.que se amanhe !

Last edited 5 dias atrás by Speedway
Daniel Sousa
Daniel Sousa
Reply to  Speedway
5 dias atrás

está a partilhar os seus desejos connosco, é isso ?

91730
91730
5 dias atrás

Provavelmente passou-se o mesmo que aconteceu a LH no Mónaco. Sabendo que o MB não estraga tanto os pneus e demora mais tempo a os fazer chegar à temperatura ideal, em pistas sem curvas rápidas para fazer trabalhar os pneus até à temperatura ideal podem entrar num ciclo vicioso de não ter aderência para andar mais depressa e por isso os pneus não aquecem o suficiente de modo a ter aderência esperada. Será a falta do DAS ???? Mais estranho é tanto no Mónaco como em Baku haver um piloto muito mais afectado que o outro. Diria que os estilos… Ler mais »

Last edited 5 dias atrás by 91730
GAMBLERMAN77
GAMBLERMAN77
5 dias atrás

Pelo que sei a diferença no carros já foi encontrada, trata-se de uma anomalia que está na frente do volante…

Frenando_Afondo™
Frenando_Afondo™
5 dias atrás

É é, tudo mentira, eles trocaram as asas porque detestam o Bottas. Ele escolheu uma asa e eles, após darem gargalhadas maquiavélicas, mudaram as asas durante a noite, rindo várias vezes como vilões.

Isto é tudo verdade, eu estava lá, true story.

alexname
alexname
4 dias atrás

E a culpa é… Do Bottas, claro. O bombo da festa por excelência, dos media, da equipa, dos comentadores, enfim, de toda a gente.

forcemoi
forcemoi
4 dias atrás

A Mercedes está a deitar-se na cama que fez !

últimas F1
últimas Autosport
f1
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x