Charlie Whiting: “KERS será seguro e irá melhorar o espectáculo”

Por a 28 Janeiro 2009 11:13

“Dentro do Grupo Técnico, nós criámos um grupo de Segurança do KERS, liderado pela BMW. Eles encontraram-se algumas vezes e apresentaram uma lista de sugestões, algumas das quais já se tornaram regras, e algumas irão formar um documento abrangente que irá estar em todos os circuitos onde se disputem grandes prémios”, explicou Whiting em conferência de imprensa, enaltecendo a vontade das equipas de minimizar os riscos ao máximo.

“As equipas estão a encarar isto de forma muito responsável pela sua própria segurança, claro”, acrescentou, lembrando ainda que também os comissários de pista serão instruídos para que não corram quaisquer riscos.

“Haverá coisas importantes como a luz indicadora do estado do KERS em todos os carros. (…) Os comissários deverão aproximar-se do monolugar, olhar para o estado do KERS e, se estiver num modo errado, não deverão tocar no carro”, disse, acrescentando que até eventuais destroços do carro deverão ser cuidadosamente verificados antes de serem apanhados.

Na óptica do responsável da FIA, o KERS irá, também, proporcionar uma melhoria no espectáculo, ainda que não esteja de acordo com os sistemas diferentes desenvolvidos pelas equipas. “É difícil de dizer [se essas tecnologias diversas são positivas para a F1]. Presumivelmente, as equipas envolvidas fizeram tudo para seu próprio benefício”, considerou, antes de se debruçar sobre a questão do espectáculo.

“Vai ser muito interessante ver como os pilotos o irão usar, porque as regras exigem que a potência extra esteja sob controlo do piloto e essa é a parte mais importante”, concluiu.

últimas FÓRMULA 1
últimas Autosport