WRC: Rally2 será híbrido em 2023

Por a 17 Outubro 2020 17:29

Os carros da segunda divisão dos ralis, ou segunda linha da pirâmide, se preferir, os Rally2 vão ser híbridos em 2023. A FIA confirmou que pretende implantar sistemas híbridos nos carros de Rally2 e o objetivo é tê-los homologados para correr em 2023. Finalmente a eletrificação começa a chegar às várias camadas da pirâmide dos ralis, algo que não está a suceder tão cedo quanto a evolução do mercado automóvel ‘exige’.
Em princípio os Rally2 terão um sistema híbrido simples, para não pressionar os custos, sendo que o sistema deverá oferecer mais 10cv aos motores, através de um sistema de arranque/gerador de baixa voltagem de 48-volts: “Para além de reduzir as emissões, o objetivo claro é demonstrar como a tecnologia automóvel rodoviária existente pode ser transferida para os desportos motorizados, ao invés do sistema híbrido ‘plug-in’ orientado para a performance que está a ser desenvolvido para os Rally1. Um conjunto de regulamentos está atualmente a ser discutido pelo Departamento Técnico da FIA com o objetivo de controlar os custos e gerir potenciais diferenças de desempenho entre os diferentes sistemas híbridos que serão utilizados. “A gestão de custos continuará a ser um foco chave com limites de custos para peças específicas, o que tem provado ser uma ferramenta eficaz nos ralis. O objetivo passa por ter regulamentos prontos para aprovação em setembro de 2021 e propõe-se que os carros híbridos da nova geração do Rally2 sejam integrados em campeonatos a partir de 2023. Está prevista a introdução de carros híbridos no Rally1 a partir de 2022, embora os testes do hardware híbrido de conceção dinâmica compacta tenham sido adiados por um mês, até fevereiro do próximo ano”, lê-se na comunicação da FIA.

Deixe aqui o seu comentário

últimas Ralis
últimas Autosport