/ralis/wrc/wrc-rali-safari-e-a-importancia-dos-pneus-furos-sao-problema-desgaste-nem-por-isso/
WRC, Rali Safari e a importância dos pneus: furos são problema, desgaste nem por isso | AutoSport

WRC, Rali Safari e a importância dos pneus: furos são problema, desgaste nem por isso

Por a 22 Junho 2022 07:25

O lendário Safari Rally, prova que regressou ao calendário do Campeonato Mundial de Ralis no ano passado, está de volta para mais um emocionante evento.
Apesar das distâncias mais curtas dos troços da presente edição, em comparação com o ano passado, o renovado Safari Rally não perdeu a sua reputação de ‘destruidor’ de carros. Neste contexto, os pneus terão de ser capazes de lidar com o piso irregular, rochas de grandes dimensões e velocidades altas constantes.
As condições da estrada também poderão variar consideravelmente no decorrer da mesma etapa, e, ao mesmo tempo, a chuva poderá tornar as estradas extremamente lamacentas e escorregadias num instante. “Fesh fesh” é outro perigo exclusivo do Safari: areia muito fina na qual os carros podem atolar facilmente.

A Pirelli conta com dois compostos, ambos renovados para a temporada de 2022, com estruturas reforçadas e um design otimizado para o peso e torque extra dos carros Rally1 mais recentes. Para esta prova, o AS macio será a principal escolha, sendo capaz de oferecer uma boa durabilidade para as superfícies mais abrasivas.
O SA será a alternativa capaz de proporcionar uma aderência otimizada em condições mais frias ou de chuva.

Scorpion K: Os Rally2 terão ao seu dispor os pneus K6B (macio) e K4B (duro), e os Rally3 terão ao seu dispor os pneus K6 (macio) e K4 (duro). A variante ‘B’ dos pneus K para WRC2 fará, assim, a sua estreia no Quénia.

Para Terenzio Testoni, responsável pelas atividades de rali da Pirelli: “No ano passado testemunhámos como o Safari Rally continua a ser uma maratona e não um sprint, ao contrário de qualquer outro evento moderno do WRC. No Quénia, os pneus não sofrem tanto com o desgaste, e essa é uma das razões que justificam o macio como a principal escolha para as equipas.
O foco estará na parede lateral, que terá de suportar a enorme quantidade de rochas e estradas irregulares, com impactos que são severos o suficiente para danificar os componentes mecânicos dos carros e acabar com o rali de um piloto. Força e desempenho são fundamentais para este evento único.”

A Pirelli transportou cerca de 2000 pneus para o Quénia, 570 dos quais são destinados para a classe superior dos carros Rally1.
Cada piloto do Rally1 pode utilizar até 32 pneus durante o rali, incluindo no shakedown. Uma nova regra para os eventos de terra de 2022 significa que cada piloto pode escolher quatro pneus extra de qualquer composto, antes do shakedown, além da alocação padrão. Para o rali, cada carro terá à sua disposição 28 Scorpion KX WRC SA e 8 Scorpion KX WRC HA
A Pirelli também vai também transportar 1400 pneus para os carros das categorias de WRC2 e WRC3: 26 Scorpion K6B (K6 para Rally3), 8 Scorpion K4B (K6 para Rally3), Podem ser utilizados um máximo de 30 pneus (incluindo o shakedown, ondem podem ser utilizados quatro pneus extra)

Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Infelizmente o Autosport não pode continuar a disponibilizar os seus artigos gratuitamente.
Já não é viável ter uma equipa de jornalistas profissionais sem que possamos vender o produto do nosso trabalho.
Tal como os jornais e revistas são pagos, também os conteúdos editoriais digitais terão que ser pagos.
Por favor subscreva o Autosport Exclusivo e ajude-nos a manter esta máquina em andamento!
São apenas 2€ por mês, subscreva agora AQUI
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Infelizmente o Autosport não pode continuar a disponibilizar os seus artigos gratuitamente.
Já não é viável ter uma equipa de jornalistas profissionais sem que possamos vender o produto do nosso trabalho.
Tal como os jornais e revistas são pagos, também os conteúdos editoriais digitais terão que ser pagos.
Por favor subscreva o Autosport Exclusivo e ajude-nos a manter esta máquina em andamento!
São apenas 2€ por mês, subscreva agora AQUI
últimas Ralis
últimas Autosport
ralis