Novo ‘Campeonato FPAK de Ralis’ e regresso do ‘Nacional de Iniciados’ são as maiores novidades de ralis para 2015

Por a 30 Outubro 2014 11:25

A FPAK divulgou hoje os princípios por que se deverão reger os ralis em Portugal em 2015. Num comunicado oficial, a entidade federativa avança que o Campeonato Nacional de Ralis irá manter as suas linhas mestras, mas contará agora com uma divisão equitativa de de provas terra/asfalto, enquanto surgirá um novo campeonato, denominado “Campeonato FPAK de Ralis” (com 12 provas) que substituirá os atuais Campeonatos de Ralis Norte, Centro e Sul. 

Igualmente importante é a criação de um Campeonato Nacional de Iniciados e a reformulação das competições de Rali Sprint que passam a estar envolvidas em três Master Rally Sprint (Norte, Centro e Sul), cada um com um máximo de 12 ralis. 

Confira o comunicado integral da FPAK: 

“De modo a que clubes, equipas e pilotos possam ir planeando a época de 2015 e seguindo o princípio a que nos propusemos de tentar manter estáveis os regulamentos para os próximos anos, embora abertos a adaptações e melhoramentos, aqui apresentamos as linhas gerais dos ralis em Portugal para 2015.

Brevemente anunciaremos os detalhes técnicos, embora se pretendam que não sejam muito diferentes de 2014.

Campeonato Nacional de Ralis

– o Campeonato Nacional de Ralis 2015 vai ser composto por oito provas, cinco ralis nacionais e três internacionais em moldes semelhantes aos de 2014.

– o modo de inclusão do CNR nos ralis internacionais está pendente das regras FIA que ainda não estão completamente esclarecidas, mas que se espera para breve.

– das oito provas, quatro serão disputadas em asfalto e quatro em terra.

– para efeitos de pontuação contarão todos os resultados das provas realizadas menos um, com um mínimo de cinco provas realizadas; neste caso contarão a totalidade das provas.

– deixa de existir o bónus de 5 e 10 pontos para as participações na 7ª e 8ª participação.

– a quilometragem total de PEC’s poderá chegar aos 130/140km.

Campeonato FPAK de Ralis

– os actuais campeonatos de Ralis Norte, Centro e Sul, que são compostos por cerca de 17 provas (6 + 6 + 5) passarão a ser um único campeonato, com cerca de 12 provas (metade alcatrão e metade terra) e passará a chamar-se  Campeonato FPAK de Ralis.

– a quilometragem total de PEC’s  poderá chegar aos 70km.

– para efeitos de classificação final  serão apurados os melhores resultados de metade das provas  realizadas  mais duas, com arredondamento para cima.

 – neste campeonato serão criados dois Troféus, um de asfalto e outro de terra, cada um composto de seis provas e para efeitos de classificação final serão apurados todos os resultados menos um.

Campeonato Nacional Clássicos de Ralis

– o Campeonato Nacional Clássicos de Ralis disputará as seis provas de asfalto do Campeonato FPAK e para efeitos de classificação final contarão todos os resultados das provas realizadas menos um.

Campeonato Nacional Iniciados de Ralis

 – vai ser criado um Campeonato Nacional de Iniciados de Ralis (CNIR) que disputará as cinco provas nacionais do CNR (asfalto e terra) ou seis provas, três de asfalto do CNR e três de asfalto do Campeonato FPAK.

– o campeonato de iniciados disputará a totalidade dos quilómetros da prova em que estiver inserido.

– os carros admitidos são de baixa cilindrada, 2RM, até 1600cc nominal, brevemente serão indicados mais detalhes técnicos.

– no CNIR para efeitos de classificação final contarão os melhores resultados das provas realizadas, menos um.

– em todos os campeonatos de ralis, haverá pontuação para as vitórias nas provas especiais de classificação (0,5 pontos), para a geral e para o grupo.

Rali Sprint

– vão ser criadas três competições, Master Rali Sprint Norte, Centro e Sul. Cada um deles será composto por um máximo de doze (12) provas.

– para efeitos de classificação final serão apurados os melhores resultados de metade das provas  realizadas  mais quatro, com arredondamento para cima.

– quilometragem máxima total de PEC’s é de 30km.

 

Grupo RGT

– poderão participar no CNR e a sua classificação contará para a geral e campeonato absoluto.

– aguardamos as ultimas definições FIA de modo a melhor se poderem adaptar á nossa realidade.

Grupo X  

– estas viaturas podem participar no Campeonato FPAK de Ralis, e a exemplo de 2014, podem ser campeões de Grupo X mas não absolutos.

Este comunicado é meramente informativo e não dispensa a consulta dos regulamentos específicos”.

A FPAK divulgou hoje os princípios por que se deverão reger os ralis em Portugal em 2015. Num comunicado oficial, a entidade federativa avança que o Campeonato Nacional de Ralis irá manter as suas linhas mestras, mas contará agora com uma divisão equitativa de de provas terra/asfalto, enquanto surgirá um novo campeonato, denominado “Campeonato FPAK […]

Visualizou de 4 artigos abertos

O AutoSport limitou a 4, o número de artigos
que poderá ler sem fazer login
Para continuar a ler livremente
os artigos AutoSport,
por favor faça login aqui
Caso não esteja ainda registado,
faça agora aqui o seu
registo gratuito
  • Não é possível alterar o nome de utilizador.

    últimas Ralis
    últimas Autosport
    AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/motosport.png