WTCR: “Sr. Macau” em busca da décima vitória

Por a 7 Novembro 2019 18:00

Falta pouco para um dos fins de semana mais aguardados do ano. O GP de Macau volta a receber um cartaz de luxo, onde se inclui o WTCR, que regressa ao Circuito da Guia, para mais três corridas emocionantes.

Um dos pilotos em destaque será certamente Rob Huff. O “Sr. Macau” tem nove vitórias no mítico traçado de Macau e pretende chegar à 10ª. Huff falou um pouco das sensações de pilotar pelas ruas de Macau:

“Macau mete-me muito medo. Não há espaço para erro, mas queremos um pouco mais em cada curva. Mas a diferença entre onde estamos e o que queremos mais, pode valer uma viagem ao hospital. “

Qual o segredo de Macau? Huff não tem explicação:

“Acho que não posso explicar porque não se pode ensinar alguém a fazer o que faço em Macau. Ou és capaz ou não. Todos os pilotos do WTCR são capazes disso, sem dúvida, mas quando começamos a tocar com os espelhos retrovisores nas paredes e saímos de cada curva a pensar ‘como é que sobrevivi àquela curva’, estamos quase lá… ainda não está no ponto, mas está quase. Aí temos que dar outro passo. Suspendemos a respiração por dois minutos, 30 segundos a cada volta.”

“Estou realmente entusiasmado com o fim de semana de Macau, como sempre, mas a pressão externa aumenta cada vez mais depois que recebi o título de rei de Macau. Tenho nove vitórias e as pessoas esperam que eu leve a melhor sobre todos novamente. Mas a cada ano fica mais difícil. Tenho de repensar onde posso encontrar o tempo extra que pareço ter tido toda a minha vida em Macau. O WTCR é um campeonato profissional e o nível é extremamente alto, mas é um recorde que quero aumentar.”

No ano passado, apesar de ter conquistado duas poles em Macau, Huff não venceu nenhuma corrida, algo que espera mudar este ano:

“Não tivemos os arranques que queríamos nas corridas”, lembra Huff. “O ritmo estava lá e eu tive uma grande batalha com o Esteban [Guerrieri na corrida 3]. Os Audi ultrapassavam-nos facilmente nas rectas. Não é o ideal, mas temos que aproveitar ao máximo. Mas eu adoro circuitos de rua, Macau é um citadino, tem sido meu bebê há mais de 10 anos e espero que continue. ”

Vitorias de Rob Huff:

2008: Corrida 2 (Chevrolet Lacetti)
2009:  Corrida 1 (Chevrolet Cruze)
2010:  Corrida 1 (Chevrolet Cruze)
2011:  Corrida 1 (Chevrolet Cruze)
2011:  Corrida 2 (Chevrolet Cruze)
2013:  Corrida 2 (SEAT León)
2014:  Corrida 2 (LADA Granta)
2015:  Corrida 1 (Honda Civic TCR)
2017: Corrida Principal (Citroën C-Elysée WTCC)

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas VELOCIDADE
últimas Autosport