GT: Porsche Império Carrera Cup Series no Estoril

Por a 1 Agosto 2019 18:15

A Porsche Império Carrera Cup Endurance Series arranca no domingo, 4 de Agosto, no Circuito do Estoril com sua capacidade plena. Estarão em pista 30 carros e 60 pilotos, o número máximo de pilotos previsto no regulamento das provas de longa duração. 

Pela primeira vez, a Porsche Império Endurance Series terá uma prova internacional, num circuito que recebeu a Fórmula 1 em 13 ocasiões, de 1984 a 1996, o Circuito do Estoril.

A distancia de corrida será de 300 km, com partida prevista para as 12h40.

Composto por três etapas, o campeonato de longa duração da Porsche Império Carrera Cup começou em 2016. As duas primeiras corridas são disputadas por duplas e duram 300 km ou 2h45min (o que acontecer primeiro). A prova final, de 500 km, distribui mais pontos e pode ser disputada por trios ou duplas. O Estoril recebe a primeira corrida, e as demais provas serão no Brasil em Goiânia (26 de outubro) e Interlagos (30 de novembro).

Os pilotos pontuam individualmente no campeonato de Endurance, conforme os resultados alcançado em cada etapa. O campeão de 2016 na classe Cup, por exemplo, foi Alan Hellmeister, sozinho. Na altura o seu carro terminou as duas primeiras corridas em terceiro lugar e a última em segundo, mas competiu em cada uma das provas com um parceiro diferente (Ricardo Zonta, Alberto Valério e Nelson Piquet Jr.).


Em 2017, na classe Challenge, Hellmeister fez todas as corridas em dupla com Luca Seripieri e os dois foram campeões juntos.
No último ano, Lico Kaesemodel conquistou o título ao lado de Ricardo Zonta na classe 4.0, enquanto Francisco Horta e William Freire ganharam na 3.8.

Entre os inscritos, estão todos os campeões da história da Porsche Cup que permanecem em actividade no campeonato, além de inúmeros outros vencedores dos mais variados campeonatos do automobilismo nacional e internacional. Os títulos representados na grelha incluem Campeonato Mundial de GT da FIA, Campeonato Mundial de Fórmula E, Stock Car, Campeonato Brasileiro de Marcas, Euroformula F3 Open, Stock Light e inúmeras outras conquistas no kart.

Nas duas primeiras corridas da temporada da Endurance Series, as vitórias valem 68 pontos. Na terceira (e final), 116.

Nas provas de Endurance em 2019 serão seis subcategorias em pista . Todos os carros são os Porsche 911 GT3 Cup, alguns da geração 991/1 e outros da geração 991/2. Os carros da geração mais recente têm motor de 4.0 litros, e, os anteriores, 3.8 litros.
As categorias profissionais “Pro-Pro” são indicadas pelo termo “Carrera” e a respectiva motorização. Nas classes “Pro-Am”, a indicação é “GT3” e a motorização. Nas classes “Am-Am”, a indicação é “Sport” e a motorização. 
Assim, vão competir as classes Carrera 4.0, Carrera 3.8, GT3 4.0 e GT3 3.8, além de Sport 4.0 e Sport 3.8. Cada uma delas tem pódio e pontuação distintos.
 
No melhor estilo 24 Horas de Le Mans, onde carros diferentes compartilham a mesma pista e a negociação de ultrapassagem é um dos charmes da disputa, na Endurance Series todos os Porsche aceleram simultaneamente.
 
Cada equipa é responsável por definir a sua estratégia de substituição de piloto, trocas de pneus e reabastecimento durante as paragens nas boxes. Nas provas de 300 km há três ‘pit stops’ obrigatórios com tempo mínimo de 6 minutos cada. Na prova de 500 km são cinco ‘pits’ obrigatórios. Não é permitido trocar pneus e reabastecer simultaneamente.

Cada piloto tem que realizar no mínimo 30 voltas na prova deste domingo para validar o resultado do carro. Em Goiânia, serão 32. Na prova de 500 km serão 48 (para equipas com dois pilotos) ou 32 (para equipas com três pilotos).

Sprint Series também presente

Além da Endurance Series, a Sprint Series da Porsche Império Carrera Cup também estará presente no Estoril.

Na agenda estão quatro corridas, duas na categoria Carrera 4.0 e outras duas na Carrera 3.8. Será o único evento da temporada  de 2019 (e o primeiro dos 15 anos de história da categoria) com as jornadas de sprint e endurance disputadas no mesmo fim-de-semana.

O campeonato é composto por seis etapas. Cada fim-de-semana tem quatro corridas, duas na Carrera 4.0 e outras duas na 3.8. Na quinta etapa da temporada, no Estoril, o evento é junta-se com a etapa de Endurance e todos treinos e corridas serão disputados no mesmo dia, na sexta-feira, dia 2 de Agosto. Pilotos da classe de entrada pontuam também para o sub-campeonato GT3 Cup, tanto com os carros de motor 4.0 como 3.8.

A exemplo do campeonato de Endurance, nas provas de Sprint são quatro subcategorias em acção. Todos os carros são os Porsche 911 GT3 Cup, alguns da geração 991/1 e outros da geração 991/2. Os carros da geração mais recente têm motor de 4.0 litros e travões ABS, e, os anteriores, 3.8 litros. 
As categorias profissionais são chamadas pelo termo “Carrera Cup” e a respectiva motorização. Nas classes “Pro-Am”, a indicação é GT3 Cup e a motorização. 
Assim, vão competir as classes Carrera Cup 4.0, Carrera Cup 3.8, GT3 Cup 4.0 e GT3 Cup 3.8. Cada uma delas tem pódio e pontuação separados.

No caso do campeonato Sprint, as classes 4.0 e 3.8 correm em separado, totalizando quatro corridas na sexta-feira.

Enquanto grelha das primeiras provas na Carrera Cup 4.0 e na Carrera Cup 3.8 é estabelecida pelos treinos cronometrados, nas segundas corridas há inversão de grelha conforme a ordem de chegada dos primeiros confrontos. O vencedor das primeiras corridas realiza, no pódio, um sorteio para estabelecer a inversão da grelha a partir do sexto, sétimo ou oitavo colocado.

Treinos cronometrados e as provas serão exibidos na íntegra na página da Porsche Império Cup no Facebook e no seu canal no Youtube. A prova é transmitida também pelo portal Grande Prémio.

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas Pistas
últimas Autosport