Mission H24 mostrou-se em Spa

Por a 26 Setembro 2018 00:30

Num fim de semana com muita água, tivemos mais uma dose de H2O, embora servida de forma diferente. O projecto Mission H24 pretende ser o catalisador para a introdução dos veículos de competição movidos a Hidrogénio, cuja introdução pretende ser feita em 2024 segundo os ensejos do ACO, que se associou à GreenGT. O carro testou em segredo na sexta e foi mostrado ao púbico no sábado, dando algumas voltas ao traçado belga, com Yannick Dalmas ao volante do protótipo. Na apresentação do projeto esteve Gérard Neveu, CEO do WEC e do ELMS, Pierre Fillon presidente do ACO, assim como representantes da União Europeia que beberam água vinda do GreenGT LM PH2G, a única emissão de veículos com esta tecnologia. O hidrogénio é considerado um dos combustíveis do futuro e o ACO acredita que o futuro da mobilidade passará pelo hidrogénio e este esforço conjunto pretende dar força a essa visão.

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
paulo pinha
Membro
paulo pinha

Em 1950, uma equipa norte-americana participou nas 24 Horas de Le Mans com dois Cadillac. O Sedan, praticamente de série, e o protótipo terminaram a corrida mal classificados, mas – assinale-se – chegaram ao fim. De tão medonho, o protótipo ficou conhecido, logo nas verificações técnicas, como “Le Monstre”. Este Mission H24 faz-me lembrar aquela aberração. Ele não é só feio, é horrendo. Infelizmente, os protótipos actuais, com excepção de alguns Daytona Prototype que competem no campeonato IMSA, nada têm a ver com a elegância de um Ferrari P4, Porsche 917, Ferrari 312 PB, Mirage Gulf, Lola T280, Chevron B… Ler mais »

últimas Newsletter
últimas Autosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/motosport.png