BGTC: Álvaro Parente brilha apesar das contrariedades

Por a 23 Setembro 2019 17:00

Álvaro Parente terminou no terceiro posto a segunda corrida da ronda de Road America do Blancpain GT World Challenge America, apesar de diversas contrariedades.

O português arrancou da sexta posição numa pista húmida, ganhando uma posição logo nos primeiros metros para, depois, ao longo da primeira volta, subir mais um lugar, colocando-se no quarto posto.

O piloto do Bentley Continental GT3 rodou no limite das capacidades do seu carro, mas, com a pista a secar, foi-lhe impossível ganhar mais posições, entregando o testemunho a Andy Soucek, o seu colega de equipa, no quarto posto, mas com possibilidades de subir na classificação.

Com alguns pilotos da classe Pro-Am à sua frente, o espanhol foi-lhes ganhando terreno, subindo a terceiro quando estavam cumpridas trinta e duas voltas. Contudo, a dez minutos da bandeirada de xadrez da corrida de hora e meia, subitamente, surgiu a mensagem de situação de Safety-Car devido a um despiste de um concorrente que, no entanto, acabou por conseguir rumar às boxes pelos seus próprios meios.

A situação de Safety-Car foi removida e o adversário da dupla luso-espanhola na luta pelo título, no meio da confusão, passou de quinto para segundo, deixando Andy Soucek em quarto.

O espanhol não se conformou, e lutou para recuperar, conseguindo ganhar uma posição, concluindo a corrida no terceiro posto. Contudo, a classificação está suspensa, dado que a K-PAX Racing protestou a ultrapassagem realizada na súbita situação de Safety-Car.

O piloto do Porto estava conformado com o desfecho da prova, sublinhando que o potencial do Bentley Continental GT3 tinha sido alcançado. “Conseguimos ultrapassar os nossos rivais na luta pelo título logo no arranque o que era importante, mas depois não dava para fazer muito mais, uma vez que, com a incerteza climatérica, tínhamos o carro afinado para chuva, mas esta não voltou e não tínhamos ritmo para ir mais além“, afirmou Álvaro Parente.

Após a sexta ronda do Blancpain GT World Challenge, o português aponta que esperava mais da sua passagem pelo circuito de Road America. “Estávamos convencido que teríamos um carro competitivo aqui, mas ao longo de todo o fim-de-semana sentimos dificuldades com a aderência, que nunca foi a que esperávamos. Para além disso, tivemos o problema na primeira corrida com o combustível, que nos impediu de garantir um segundo lugar. Vamos voltar mais fortes na próxima prova”, garantiu Álvaro Parente.

A próxima prova do Blancpain GT World Challenge America realiza-se na Chicago Speedway nos próximos dias 18 a 20 de Outubro.

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas Pistas
últimas Autosport