/ralis/wrc/estorias-do-wrc-rali-de-monte-carlo-2002-shakedown-com-incidente-inedito-pilotos-suicos-convidaram-se/
‘Estórias’ do WRC, Rali de Monte Carlo 2002: Shakedown com incidente inédito, pilotos suíços ‘convidaram-se’… | AutoSport
 

‘Estórias’ do WRC, Rali de Monte Carlo 2002: Shakedown com incidente inédito, pilotos suíços ‘convidaram-se’…


Ainda os concorrentes não se tinham lançado nos primeiros quilómetros cronometrados e o Rali de Monte Carlo servia de palco a uma verdadeira tentativa de “abuso de confiança”. Senão vejamos… Minutos depois do “shakedown” ter início, os comissários presentes no local viram-se confrontados com uma situação “sui generis”, ao ver chegar uma “caravana” de carros suíços, devidamente identificados, com placas regulamentares… ou quase! O problema é que o olho atento dos membros do Automóvel Clube do Mónaco (ACM) foi mais que suficiente para desmascarar a fraude, já que os concorrentes suíços – membros de um clube helvético – estavam com a firme intenção de participar no “shakedown”, misturando-se com os pilotos de fábrica e os outros concorrentes. No entanto, o grupo suíço, composto por cinco equipas, utilizou placas e documentos falsos para chegar até ao local, o que lhes valeu uma queixa do ACM por abuso de confiança e atentado à propriedade intelectual, que deverá resultar em pesadas multas, uma vez que as autoridades locais decidiram não apreender os veículos, optando por um “castigo” monetário de vulto, tudo para dissuadir possíveis seguidores.