/karting/derrapagens-de-cesar-campanico-com-o-pe-partido-imaginem-sem/
 

Derrapagens de César Campaniço: Com o pé partido! Imaginem sem…


A história mais curiosa da minha carreira está ligada ao Campeonato da Europa de Karting (Fórmula A), em 1998, quando eu tinha 18 anos. Nessa altura eu estava a correr na equipa oficial da CRG e antes da última prova, na Bélgica, eu estava em segundo lugar do campeonato e decidimos participar numa corrida em Itália como preparação. Só que nos treinos livres da prova eu tive um acidente com outro piloto e fraturei o pé. Fiquei obviamente preocupado porque o final do campeonato era no fim-de-semana seguinte, mas como o Nico Rosberg também corria na minha equipa o Keke Rosberg disse que conhecia um bom médico em Bruxelas e levou-me lá.
Claro que depois de me ver, o médico desaconselhou completamente uma corrida de karting nos próximos… meses.
Só que eu queria mesmo correr na Bélgica e pedi para me tirarem o gesso e no fim-de-semana seguinte eu estava sentado num kart a correr com umas estacas no tornozelo. Os mecânicos tinham de me ajudar a arrancar na pré-grelha mas felizmente correu tudo pelo melhor. Acabei por fazer a “pole”, ganhei as duas finais e fui Campeão da Europa de Fórmula A à frente do Fernando Alonso. Podia ter sido pior…