/formula1/f1/peugeot-sport-40-anos-de-sucesso-e-inovacao/
Peugeot Sport: 40 anos de sucesso e inovação | AutoSport

Peugeot Sport: 40 anos de sucesso e inovação

Por a 12 Outubro 2021 17:30

A Peugeot Sport faz 40 anos! Carros míticos e memoráveis, quer seja nos ralis, pistas ou nas areias do deserto do Dakar, numa história que se prepara para ter continuidade com o regresso previsto a Le Mans

A Peugeot Sport celebra 40 anos de idade. Nascida em outubro de 1981, então como Peugeot Talbot Sport, tornar-se-ia, anos mais tarde, PEUGEOT Sport, estando sempre envolvida, com paixão e sucesso, em todos os circuitos e estradas do planeta, nos grandes campeonatos e nos eventos mais lendários. Pioneira, a equipa de competição francesa tem colocado em ação as máquinas mais extremas e os pilotos mais emblemáticos. Desde 1895, quando alcançou a vitória na Paris-Bordeaux-Paris, naquela que foi a primeira corrida cronometrada do mundo, a Marca sempre considerou o desporto como um acelerador de progresso. Com o mais recente Peugeot 9X8 e o programa Hypercar para o Campeonato de Endurance (WEC) da FIA, a Peugeot Sport entra na sua quinta década com a ambição de acrescentar novas vitórias à sua grande aventura desportiva, que representa, na perfeição, a sua busca pela excelência e a partilha de emoções.

As estatísticas podem ser, por vezes, pouco mais do que simbólicas, mas não há como fugir ao facto de que a Peugeot Sport colheu muito mais vitórias extraordinárias do que o número de anos que se passaram desde sua criação em outubro de 1981, testemunhando a qualidade contínua desta estrutura e a solidez da sua estratégia desportiva. “O desporto é um laboratório tecnológico excecional para os automóveis”, refere Linda Jackson, Diretora Geral da PEUGEOT. “É um formidável acelerador da investigação e do progresso. Na nossa marca é essencial para o desenvolvimento dos nossos automóveis e para os nossos futuros planos de mobilidade. Estes 40 anos da Peugeot Sport são um sucesso, uma fonte de orgulho e, sobretudo, uma base para as nossas realizações atuais e, acima de tudo, do futuro. É este património que guia o nosso futuro.”

Criada por Jean Todt, a Peugeot Talbot Sport, mais tarde Peugeot Sport, produziu modelos lendários, como os inesquecíveis Peugeot 205 T16, 405 T16, 206 WRC, 306 Maxi, 905 ou, mais recentemente, os Peugeot 908, 208 T16 Pikes Peak, 2008 DKR, 3008 DKR e 208 WRX, todos eles antecessores do já revolucionário Peugeot 9X8. Integrado no coração da estratégia de eletrificação da Peugeot , este último representa a ligação profunda entre as equipas de competição e de design.

Em campeonatos nacionais e mundiais, bem como em eventos lendários, as mulheres e os homens da Peugeot Sport estiveram, nos últimos quarenta anos, à altura de cada desafio que se lhes apresentou, transmitindo a sua paixão e profissionalismo, dois valores essenciais que continuam a inspirar as equipas atuais.

Em 40 anos, a equipa conquistou:

· 5 títulos de Construtores no Campeonato do Mundo de Ralis (1985, 1986, 2000, 2001 e 2002);

· 4 títulos de Pilotos no Campeonato do Mundo de Ralis (Timo Salonen, Juha Kankkunen e Marcus Grönholm, este por duas vezes);

· 3 títulos de Pilotos e Construtores no Intercontinental Rally Challenge (2007, 2008 e 2009);

· Títulos em Campeonatos Nacionais de Ralis em múltiplos países; em Portugal, a Peugeot sagrou-se 6 vezes Campeã de Marcas (1997, 2001, 2002, 2007, 2008 e 2009) e alcançou 7 títulos de Campeã de Pilotos (Adruzílo Lopes em 1997, 1998 e 2001, Miguel Campos em 2002 e Bruno Magalhães em 2007, 2008 e 2009);

· 3 vitórias nas 24 Horas de Le Mans, em 1992 com a equipa Yannick Dalmas / Derek Warwick / Mark Blundell, em 1993 com Christophe Bouchut / Eric Helary / Geoff Brabham, e em 2009 com o trio Marc Gene / David Brabham / Alex Wurz;

· 3 vitórias na subida vertiginosa de Pikes Peak, em 1988 (Ari Vatanen), 1989 (Robby Unser) e 2013 (Sébastien Loeb),

· Títulos em Campeonatos de Superturismo, incluindo um dos mais prestigiados, na Alemanha, com o 406 (Laurent Aïello),

· 7 vitórias no Rally Dakar (1987 com Ari Vatanen, 1988 com Juha Kankkunen, 1989 e 1990 com Ari Vatanen, 2016 e 2017 com Stéphane Peterhansel e 2018 com Carlos Sainz),

· 1 título do Campeonato do Mundo de Rallycross em 2015.

Para conduzir estas máquinas, que tantas vezes deixaram a sua marca nas suas épocas e nas suas disciplinas, os pilotos puderam sempre confiar nas equipas de competição conscientes, rigorosas, combativas e inovadoras da Peugeot . Ao conceber e executar estes programas, em ralis, em rally-raids e em circuitos espalhados por todo o mundo, foram elas as responsáveis por elevar – e por continuar a fazê-lo – os valores da marca Peugeot . Entre este grupo de líderes de pessoas destacam-se alguns grandes nomes, tais como Jean Todt, Corrado Provera, Jean-Pierre Nicolas, Bruno Famin, etc., cuja enorme determinação foi sempre a mesma, reunir as equipas, inovar, inspirar e procurar vencer.

Com o desporto automóvel tão enraizado no ADN da marca, todos os programas da Peugeot Sport foram criados para refletir uma visão ou uma estratégia tecnológica do fabricante francês, em áreas como segurança, performance, consumos, eletrónica, assistência à condução, novas energias, etc.

Atualmente, a eletrificação incorporada no programa Hypercar com o Peugeot 9X8 no Campeonato WEC da FIA e nas 24 Horas de Le Mans simboliza os planos da Peugeot para a mobilidade de amanhã. Simultaneamente contribui para os trabalhos de pesquisa, enquanto os pilotos testam e trazem novas ideias, para benefício dos condutores, num ciclo virtuoso entre as pistas e as estradas.

O 40º aniversário que a PEUGEOT Sport celebra este mês de outubro, embora seja um marco importante, é apenas um passo na longa estrada de descobertas, experiências e aventuras enriquecedoras que ainda estão para vir.

Subscribe
Notify of
2 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
SlowInFastOut
SlowInFastOut
14 dias atrás

PUBLICIDADE

Chapman-F1
Chapman-F1
13 dias atrás

A exemplo da Renault, gabam-se tanto do agora… e fica por lembrar algum dos marcos mais importantes que tiveram. Tanto uma como outra têm um historial com pontos que deveriam ser gravados a fogo.

últimas Destaque Homepage
últimas Autosport
destaque-homepage