/formula1/f1/gp-emilia-romagna-f1-imola-toto-wolff-george-russell-nunca-deveria-ter-feito-aquela-manobra/
GP Emilia Romagna F1/Imola, Toto Wolff: “George Russell nunca deveria ter feito aquela manobra” | AutoSport

GP Emilia Romagna F1/Imola, Toto Wolff: “George Russell nunca deveria ter feito aquela manobra”

Por a 19 Abril 2021 12:45

Toto Wolff apontou o dedo a George Russell no final da corrida em Ímola, afirmando que o jovem piloto tem ainda muito que aprender.

O incidente que levou à desistência de Russell e Valtteri Bottas, levou a uma reação acesa do piloto da Williams que tem contrato com a Mercedes, algo nunca visto no jovem piloto até agora. Russell veio depois admitir que terá exagerado, mas Wolff considera que o britânico não devia ter perdido a perspetiva global:

“Nunca há uma situação na vida em que um é cem por cento culpado e o outro zero”, disse o austríaco. “Toda esta situação nunca deveria ter acontecido. Valtteri teve 30 primeiras voltas más e nunca deveria ter estado nessa posição”, admitiu, “mas George nunca deveria ter-se lançado nesta manobra considerando que a pista estava a secar. Significava correr riscos e o outro carro à sua frente era um Mercedes. Qualquer piloto jovem ou de desenvolvimento nunca deve perder esta perspetiva global”, acrescentou ele. “Ele tem muito a aprender, suponho”.

“É preciso ver que há um Mercedes e que a pista está molhada, por isso há um certo risco e as probabilidades estão contra ele de qualquer forma quando a pista secar.”

No rescaldo do confronto, Russell caminhou até ao carro atropelado do Bottas e voltou a falar com o finlandês. Numa entrevista subsequente, o britânico sugeriu que o piloto da Mercedes poderia ter agido de forma diferente se estivesse a correr com outro piloto.

“Isso é parvoíce”, disse Wolff, ao ser informado do comentário de Russell. “Toda esta situação não é divertida para nós, para ser honesto”.

“O nosso carro não é reparável”, disse Wolff, “e num ambiente de limite orçamental certamente não é o que precisávamos, porque provavelmente vai limitar as atualizações que somos capazes de fazer. Estamos muito sobrecarregados com o limite de custos, e o que sempre receámos foi a destruição total de um carro. Este não ficou completamente destruído, mas quase e isso não é algo que quiséssemos”.

Salientam-se alguns pontos nas declarações de Wolff, Fica no ar a ideia que Russell deveria ter pensado duas vezes antes de fazer uma manobra arriscada a um Mercedes. Russell tem contrato com a equipa e é visto como futuro piloto, mas não é certamente agradável ouvir o seu “chefe” a atribuir-lhe grande parte da culpa. Russell tentou o que qualquer outro piloto tentaria, reagiu a quente, porque quer ser bem sucedido e, como disse Lewis Hamilton, os pilotos são humanos e erram. 

Outro ponto a ter em conta é a influência nas contas de um acidente deste género. Se a Mercedes já começa a fazer contas à vida, significa que no futuro poderemos ver equipas a pedir aos pilotos para não arriscar tanto, pois o orçamento não o permite. Será esta a primeira consequência negativa das medidas implementadas? Ou será apenas que a Mercedes quer tentar recuperar performance para a Red Bull e a construção de um carro novo impede que isso aconteça de forma mais breve?

Subscribe
Notify of
31 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Cágado1
Cágado1
22 dias atrás

De todas as declarações sobre este incidente, esta é a mais infeliz até agora. O Russell pilota para a Williams, não para a Mercedes; nos tempos que correm, um Williams tentar ultrapassar um Mercedes é uma coisa rara; o Russell tinha mais era que tentar. Infelizmente correu mal, cá para mim num mero acidente de corrida, mas o Wolff tinha mais era que estar calado. Curiosa a reflexão sobre o impacto da construção de um novo carro no tecto orçamental. Acho que o tecto orçamental é feito para limitar disparidade de meios no desenvolvimento. Quando a reconstrução de um carro… Ler mais »

F1_4ever
F1_4ever
22 dias atrás

O que não dizem aqui neste artigo é uma declaração que oToto Wolf fez ao comentar o acidente e que li noutro site: O chefe da Mercedes, Toto Wolff, comentou sobre a colisão entre Valteri Bottas e George Russell e disparou contra o britânico: “Está mais perto da Copa Renault Clio”, afastando a possibilidade do piloto da Williams ser o substituto de finlandês no futuro.

@00@
22 dias atrás

Claro Toto Wolff, um piloto da tua alçada com a insensatez de ir ultrapassar um Mercedes, isso não se faz. Devia mesmo ser punido pela FIA.

Frenando_Afondo™
Frenando_Afondo™
22 dias atrás

Pode fazer à vontade, o que não pode é andar a acusar a pessoa com quem se estampou de ser culpado sem ver a repetição, tinha mais que espaço e fez um erro garrafal que destruiu a corrida de Bottas e fez a Mercedes perder pontos importantes. E isso sem falar na forma como fez Hamilton ter que ir pelo molhado numa dobragem e com isso lixou ainda mais a vida à Mercedes. O curioso é que não vejo nenhum dos iluminados aqui do fórum perguntar “qUaNtO é QuE a Rb LhE pAgOu?” como fazem quando envolve algum acidente com… Ler mais »

Last edited 22 dias atrás by Frenando_Afondo™
norton_folk2021_gmail_com
norton_folk2021_gmail_com
Reply to  Frenando_Afondo™
22 dias atrás

Hahahahaha, a culpa do Hamilton ter ido às couves é do Russell. Frenando_Graganta_Fonda no seu melhor. Priceless!

91730
91730
Reply to  Frenando_Afondo™
22 dias atrás

Ui, que teorias fabulosas, antes demais, a corrida do Bottas estava mais que destruída pelo…próprio! lol. Os “pontos importantes” que a Mercedes perdeu com a desistência de VB, looooooool, no entanto esquece-se da volta de atraso que LH recuperou por causa da paragem da corrida, do juntar do pelotão, e dos “pontos importantes” que LH teve mais facilidade em recuperar…Sobre a culpa do GR no despiste do LH…hilariante, no mínimo!

Last edited 22 dias atrás by 91730
*RPMS*™
*RPMS*™
Reply to  91730
21 dias atrás

Muitíssimo bem escrito!

Cumprimentos

jo02101713
jo02101713
22 dias atrás

Este gajo é mesmo estúpido!!! Tótó…

últimas F1
últimas Autosport
f1
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x