/formula1/f1/gp-emilia-romagna-f1-imola-que-estrategias-para-a-corrida/
GP Emilia Romagna F1/Imola: Que estratégias para a corrida? | AutoSport

GP Emilia Romagna F1/Imola: Que estratégias para a corrida?

Por a 18 Abril 2021 13:15

Ímola deverá oferecer aos fãs uma corrida muito estratégica, onde a única paragem prevista deverá ser fundamental para a decisão do vencedor, ou de um bom resultado.

Lewis Hamilton começa com médios, tal como Max Verstappen, mas Sergio Pérez, que está na segunda posição, começa com os macios. Começar com os macios e mudar para os médios é teoricamente a estratégia mais rápida, mas independentemente de Perez optar por médios ou duros na sua paragem, a janela para a ida para as boxes é semelhante, entre as voltas 16 e 25. Se Pérez aguentar os macios mais tempo, poderá “calçar” os médios, caso contrário a opção deverá recair nos duros.

Para todos aqueles que começam com macios, a preocupação recairá no graining, provocado pelas temperaturas mais frias, o que significa que existe a possibilidade dos macios se tornarem numa dor de cabeça. Qualquer piloto que consiga prolongar com sucesso o primeiro stint com pneus macios para além da volta 15 terá a possibilidade de escolher o composto e poderá optar pelo médios , dado que o aquecimento é mais fácil do que o duro.

Começar com os macios permite arrancar bem e tentar o undercut, mas isso implica parar mais cedo e uma interrupção nos momentos finais da prova, poderá colocar os pilotos em apuros com as borrachas a perderem temperatura, que será difícil de recuperar.

Quase todos os pilotos têm à disposição pelo menos um conjunto de pneus médios e duros, à exceção de Bottas que não tem nenhum conjunto de médios novos.

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
últimas F1
últimas Autosport
f1
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x