F1: Ritmo “miserável” da Renault devido a estratégia

Por a 15 Abril 2019 16:25

Daniel Ricciardo conquistou os primeiros pontos do ano, igualando o seu colega de equipa que já leva duas corridas consecutivas sem pontuar.

Apesar do bom resultado, a Renault não ficou satisfeita com o desempenho mostrado pois a estratégia de uma paragem obrigou a um ritmo miserável, usando a expressão do chefe da equipa, Cyril Abiteboul:

“Acho que foi um desempenho melhor do que parece”, disse Abiteboul ao motorsport.com. “Foi um grande desafio fazer uma estratégia de uma paragem, começando com o composto macio. Tivemos que enfrentar o dilema habitual de largar de P7 a P10, com o nosso tipo de ritmo, e ter que começar com o composto mais suave. Sabíamos que qualquer um, de P11 para trás começaria com os médios, e os cinco primeiros estariam começando com médios, por isso não fazia sentido tentar fazer algo disparatado. P7 foi o objectivo e conseguimos isso. “

“Não há nada de que nos devamos orgulhar, mas em termos de ritmo foi melhor do que pareceu, porque estávamos muito focados na gestão de pneus. Mesmo eu não queria apenas uma paragem porque sabia que o nosso ritmo pareceria miserável. Mas ficou muito claro para os nossos estrategas que duas paragens não funcionariam, então tivemos que tentar apenas uma paragem, e funcionou “.

“Estávamos pilotando olhando para a gestão de pneus apenas. A única coisa que estávamos atentos era a distância para Perez, para ter certeza de que não ficaríamos no DRS dele. Nesse sentido, foi uma corrida muito sólida, comunicação muito boa com a equipa, com os engenheiros, o que é bom, e era o que precisávamos neste momento, após as duas primeiras corridas.”

Ainda assim foi um fim de semana negativo para a Renault que enfrentou novos problemas de fiabilidade com Nico Hulkenberg a ter de desistir da prova. Foram bons pontos mas a equipa francesa tem de fazer muito mais.

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
Stigy-87
Membro
Stigy-87

Decidi experimentar acompanhar a corrida no carro do Hulk (até ao abandono) e depois no carro do Ric, através da subscrição F1 Tv Pro, e fiquei fascinado com todas as comunicações dos pilotos com os seus engenheiros. Aconselho vivamente a quem tenha subscrito a a F1 Tv a fazer o mesmo. No meu caso, via a corrida no pc e no telemóvel acompanhava com a câmara colocada no carro. Isto tudo para confirmar o que o Abiteboul referiu, existiu de facto uma boa comunicação especialmente entre o Ric e o seu engenheiro aquando da aproximação do Perez.

últimas F1
últimas Autosport