F1: Mudanças na estrutura da Renault

Por a 8 Maio 2019 14:30

A Renault fez mudanças na sua organização interna quer na parte francesa em Viry-Chatillon, quer na parte britânica em Enstone.

Estas mudanças visam, além de trazer melhorias a curto prazo, preparar as mudanças que estão previstas para 2021.

Em Viry, Christophe Mary (que já passou pela Ferrari e pela Mercedes, estando a trabalhar ultimamente na PSA Motortsport) foi apontado como director de engenharia e Stephane Rodriguez ocupará a posição de director de projecto e compras. Ambos trabalharam sob a supervisão de Remi Taffin, responsável técnico pelos motores franceses.

Em Enstone, Matt Harman (que anteriormente já trabalhou para a Mercedes) deixará o lugar de director adjunto na área de Design e passará a ser director de engenharia, trabalhando directamente com Nick Chester director técnico para a parte do chassis.

Esta remodelação pretende dar mais liberdade a Taffin e Chester para se focarem no aumento da performance do carro.

3
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
mario
Membro
mario

Mas não mudam o principal.

danilo
Membro
danilo

O Ricciardo? hehehe

V8_scars
Membro
V8_scars

Mudam as mãos e mudam os pés mas deixam lá a cabeça antiga (Cyril) a maior razão do atual fracasso da marca.
Podem argumentar que o plafond anual é inferior às equipas do top 3, mas é bem superior às restantes com que luta pelos pontos.

últimas F1
últimas Autosport