F1: McLaren recebe empréstimo

Por a 29 Junho 2020 14:30

A McLaren garantiu um empréstimo de 150 milhões de libras o que permite que a operação prossiga, evitando um proccesso de insolvência.

A pandemia da Covid-19 afetou sobremaneira as contas da McLaren que teve de recorrer a um empréstimo para fazer face às contas correntes. Foi tentada uma venda de ações assim como da coleção de carros que pertence ao espólio da marca, vetada com um grupo de credores que recusou essa venda por considerar que ficariam sem os itens vendidos para recuperar o valor em dívida. O caso seguiu para tribunal que resultou numa rápida resolução do processo com o tribunal a dar razão à McLaren. No entanto surgiu a possibilidade da marca britânica fazer um empréstimo com o  National Bank of Bahrain.

O NBB pertence a 44% do fundo soberano do Bahrein Mumtalakat Holding Company, que detém 56% das ações da McLaren.

Nesta segunda-feira, o NBB emitiu um comunicado no mercado de ações do Bahrein confirmando que o empréstimo havia sido acordado e assinado.

“O Banco Nacional do Bahrein confirma os mercados que a documentação final foi assinada e todas as aprovações necessárias foram concedidas em relação a um mecanismo de financiamento de 150 milhões de libras esterlinas”.

Assim a McLaren conseguiu a liquidez necessária para continuar a operar normalmente e o fantasma da insolvência foi afastado.

9
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
Scuderia Fast Turtle
Membro
Scuderia Fast Turtle

Lol. Recebe um empréstimo de um dos donos…Mais que óbvio que iria ser aprovado.

E assim já são 450 milhões que recebem em poucos meses…so os burrinhos acreditam que tanto dinheiro e para tapar buracos feitos pela pandemia.

filano
Membro
filano

Pois…A pandemia foi para todos e é óbvio que não tava muito bom de saúde que deveria ser o caso, o buraco cresceu.

Frenando_Afondo™
Membro
Frenando_Afondo™

Pá, nem todos têm a Marlboro para tapar todos os desastres de uma equipa…

Scuderia Fast Turtle
Membro
Scuderia Fast Turtle

Volto a repetir 450 milhões nos últimos meses, não servem para tapar um buraco provocado pelo pandemia.

Basta dizer que é o valor de 2 orcamentos da McLaren.

Mas bora ser burrinhos e dizer que são buracos da pandemia.

filano
Membro
filano

Amigo a pandemia agrava o já não está de boa saúde… É explicito e coerente …

Scuderia Fast Turtle
Membro
Scuderia Fast Turtle

Ou sem a pandemia seria igual??

Despediram quase um terço dos funcionários do grupo e ainda recebem 450milhoes.

Algo de muito más mesmo muito errado ali se passa. Só não vê quem não quer.

Com pandemia ou sem ela as coisas aconteceriam igual.

pica
Membro
pica

Quanto é que pagaram ao tio Ron pelos 30% das acções ?

Scuderia Fast Turtle
Membro
Scuderia Fast Turtle

Acho que só era 25% e se a memória na me falha foi a volta dos 300 milhões mas isso já foi a uns dois ou três anos. E quem comprou foi o Mansour Ojjeh e Mumtalakat Holding Company que básicamente é um empresa que pertence ao governo/família real do Bahréin que entretanto compraram mais acções ao Ojjeh. E o banco que emprestou o dinheiro pertence a eles também.

sr-dr-hhister
Membro
sr-dr-hhister

A Mclaren tem um potencial enorme, mas a gestão da Automotive tem sido péssima. A imagem de marca levou uma cacetada tremenda. Não, não foi só o Covid-19.

últimas F1
últimas Autosport
Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.