F1: McLaren descobriu o “segredo” das qualificações em Singapura

Por a 14 Novembro 2019 12:30

A McLaren tem estado em grande forma, especialmente nas qualificações. A equipa britânica tem sido constantemente a melhor do meio da tabela e as prestações em qualificação têm sido a chave desta boa forma.

Carlos Sainz admitiu que a equipa encontrou algo mais em Singapura e desde então a McLaren tem conseguido retirar mais do carro nos sábados:

“Na minha opinião pessoal, parece que desde Singapura conseguimos encontrar algo no carro, em qualificação”, disse ele. “E temos conseguido nas últimas qualificações ter uma vantagem decente sobre a concorrência. Infelizmente, no ritmo de corrida, já não é o caso, como vimos no México ou em outras corridas”.

As primeiras voltas têm dado uma McLaren capaz de chegar-se às equipas da frente, mas geralmente não é capaz de mantê-las para trás. “Estou muito feliz poder tentar ultrapassa-los e lutar um pouco com eles”, disse Sainz, “mas obviamente também fico frustrado por não conseguir segurá-los por muito tempo. Na qualificação estávamos a oito décimos deles. No ritmo da corrida, a gestão de pneus é um pouco pior, com uma sensação um pouco pior no carro e essa diferença provavelmente aumenta. Isso mostra que precisamos continuar a trabalhar nessa direcção e tornar o carro mais forte, principalmente em ritmo de corrida, porque é isso que nos permitirá segurá-los”

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas F1
últimas Autosport