F1: Jean-Éric Vergne apenas ponderaria mudança para equipa de top

Por a 18 Julho 2019 17:40

Jean-Éric Vegne é agora o Sr. Fórmula E, o único a sagrar-se bicampeão da categoria. O piloto francês parece ter pouca vontade de se mudar.

Vergne tem agora um programa interessante, com participação na Fórmula E e em corridas de Endurance, no ELMS. Quando-lhe perguntaram se aceitaria um regresso à F1, Vergne não mostrou grande vontade, admitindo ainda assim que ponderaria no caso de ser uma equipa de top:

“Estive numa equipa de meio da tabela quando era jovem e sei que é aí que temos de provar o nosso valor, mas quando se chega à minha idade, não temos mais tempo para provar o nosso talento numa equipa de meio de tabela. Não me interessa lutar pelo oitavo ou nono, umas vezes nos pontos, outras vezes não. Eu não gostaria de voltar à situação em que estava na F1.”

“Estou muito mais feliz na Fórmula E lutando por títulos, por vitórias, estando numa equipa de topo e num campeonato que cresce cada vez mais. Se eu tivesse – e é um enorme “se” – uma oferta de uma das melhores equipas da F1, aí eu consideraria a hipótese.”

Vergne lutou por um lugar na Red Bull com Daniel Ricciardo mas perdeu a luta com o australiano. Ainda ficou mais um ano mas a motivação tinha desaparecido e as oportunidades de ir para uma equipa maior que a Toro Rosso não surgiram. Andou perdido alguns tempos, mas encontrou a felicidade na Fórmula E onde agora é a referência. Entende-se assim a pouca vontade de sair de onde é feliz.

16
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
driver-on-track
Membro
driver-on-track

só se fosses muito totó é que mudavas de uma categoria ascendente , para uma decadente com caracter momo-marca….

Zé Bellof
Membro
Zé Bellof

Continua a sonhar com essa possibilidade Vergne, mas entretanto mete a mão na tua consciência para a ação que tiveste no ultimo GP de Formula E….. Vergonhoso.

vasco__moura
Membro
vasco__moura

O colega de equipa teve um incidente, teve um furo e um problema na asa. Não tinha mais pneus ou asas para trocar e ia abandonar. O que ele pediu foi para que ele parasse em plena pista em vez de seguir até à box e espalhar destroços por toda a pista. Também teve a intenção de que saísse o safety car, e com isso se aproximar do Di Grassi e dos pontos, mas não foi uma ação assim tão grave para esse comentário

jcmr
Membro
jcmr

o Briatore FOI EXPULSO – NO MÍNIMO, UMA PENALIZAÇÃO FACTÍVEL E EXEMPLAR – senão isto tudo vai mal (só falta tirarem olhos), onde mesmo assim ainda apareceria alguém cheio de razão que daria guarida a esta acção, como é o caso …

vasco__moura
Membro
vasco__moura

Foi expulso mas depois voltaram atrás na decisão. Agora ninguém o quer, mas ele é livre de voltar

*RPMS*
Membro
*RPMS*

Briatore, a fazer vigarices desde 1994… Cumprimentos

Pity
Membro
Pity

Eu acho que foi grave, sim! Foi uma tentativa de adulterar um resultado.

vasco__moura
Membro
vasco__moura

Percebo o que queres dizer, mas depois quando são ordens de equipa tipo Bottas e Hamilton as pessoas levam na boa já. Isso também é adulterar o resultado

Pity
Membro
Pity

É diferente. Ordens de equipa, para deixar um piloto passar, que eu me lembre, entre Bottas e Hamilton só aconteceu uma vez e não por pedido dum piloto, ap contrário de outras equipas, onde isso era frequente, é aceitável, mas nunca nos moldes em que esta situação se passou.

Eu_não_sou_o_frenando_afondo
Membro
Eu_não_sou_o_frenando_afondo

Pois eu acho que foi uma acção bem grave, usar um companheiro de profissão de maneira propositada para influenciar o resultado da corrida é um golpe bem baixo.

831ABO
Membro
831ABO

Reparei que recebeu um voto negativo. Algum adepto de vigarices à Briatore, talvez?…

obernardo93
Membro
obernardo93

se fosses piloto já estava tudo dito em relação a tua pessoa!

vasco__moura
Membro
vasco__moura

Não me conheces de lado nenhum e defines a minha pessoa com base num comentário que eu fiz? Que admito que é errado e que devia ter pensado melhor antes de comentar

831ABO
Membro
831ABO

Vasco, a ser verdade o que o JEV fez (eu não vi a corrida e a FE não me interessa por aí além), é extremamente grave. Na gíria, o que ele fez chama-se «batota». A comparação com o Flavio Briatore é legítima. Até fico surpreendido por uma atitude dessas vir do Vergne, porque nunca me deu razões para pensar que era desleal e desonesto, mas – valendo isto o que valer para ele, o que é zero – a minha consideração por ele acabou.

vasco__moura
Membro
vasco__moura

Sim, o que ele fez foi grave

Eu_não_sou_o_frenando_afondo
Membro
Eu_não_sou_o_frenando_afondo

Então podes esperar sentado, os lugares de topo da F1 já têm promessas bem maiores na fila de espera.

últimas F1
últimas Autosport