F1: Hamilton irá mudar a forma como corre

Por a 11 Setembro 2019 09:45

A dura luta entre Lewis Hamilton e Charles Leclerc vai fazer mudar a forma como o piloto britânico encara os duelos em pista.

A meio da corrida, Hamilton lançou um ataque a Leclerc e o piloto da Ferrari fechou a porta, obrigando o campeão em título a usar a escapatória para evitar o toque. Hamilton considerou a manobra perigosa pois Leclerc não deixou espaço suficiente, mas não se importou e irá usar também esse tipo de agressividade doravante:

“Eu não acho que exista um problema; se é assim que podemos correr, então assim farei”, disse ele. “Desde que saibamos que agora não é preciso deixar a largura de um carro ao adversário”.

“Desde que não haja contradições, desde que tenhamos uma mensagem clara, de que podemos alargar a trajectória se alguém estiver lá e apenas recebemos apenas uma bandeira de aviso. Aí, só é preciso uma vez para potencialmente manter o adversário atrás. Desde que seja claro e esse seja o caminho a seguir, tudo bem. É só para que eu saiba como entrar numa batalha e que seja igual para todos os pilotos.”

Este espírito mais aberto e permissivo dos comissário vem de encontro à vontade de permitir mais lutas em pista, sem que haja um exagero de penalizações. O uso da bandeira branca e preta como um “cartão amarelo” é um dos novos métodos usados para tal.

No entanto já vimos Max Verstappen usar de maior força para passar Leclerc na Áustria e este já usou dos mesmos métodos para travar Verstappen em Silverstone e agora Hamilton em Monza.

Estes precedentes poderão levar a uma maior agressividade na defesa da posição e pode colocar os comissários numa posição ingrata de avaliação de certas situações. Mas o certo é que todos apreciam uma luta dura e renhida pela vitória.

25
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
letsme
Membro
letsme

Estes chega para lá vão continuar a ser permitidos até alguém se aleijar

ZeCambota
Membro
ZeCambota

Está tramado, à primeira que faça igual ou parecida com as do Leclerc, Magnussen ou do Verstappen, caem-lhe os comissários todos em cima, com o discurso que é preciso disciplinar os condutores, que a coisa anda a tomar proporções desmesuradas, etc… o habitual quando se trata de calar alguém que não gostam mas que têm de “comer”.

Scuderia_Lusa
Membro
Scuderia_Lusa

Tu das duas uma, ou não andas a ver F1 ou és mais um fanático com palas.

Eu_não_sou_o_frenando_afondo
Membro
Eu_não_sou_o_frenando_afondo

Acho que a diferença vai ser que tanto Verstappen como Leclerc vão deixar lá o carro e acabam os dois no muro. Depois os haters vão dizer que Hamilton não deixou espaço, os mesmo haters que defenderam a manobra de Leclerc contra Hamilton e o chega-para-lá de Verstappen a Leclerc, manobras essas que apelidaram de “musculadas”, que “não viram qualquer problema” e que “faz parte das corridas”.

Vai ser um virar de casacas hilariante, basicamente.

Scuderia_Lusa
Membro
Scuderia_Lusa

Como se costuma dizer quem não chora não mama…

últimas F1
últimas Autosport