/formula1/f1/f1-ferrari-e-mick-schumacher-preparam-se-para-conversacoes-sobre-o-futuro/
F1: Ferrari e Mick Schumacher preparam-se para conversações sobre o futuro | AutoSport

F1: Ferrari e Mick Schumacher preparam-se para conversações sobre o futuro

Por a 16 Setembro 2022 17:00

O chefe de equipa da Ferrari, Mattia Binotto, diz que se vai sentar com Mick Schumacher nas próximas corridas para discutir o seu futuro com a equipa.

Schumacher juntou-se à Academia de Pilotos da Ferrari (FDA) em 2019, depois de ter vencido o Campeonato Europeu de F3.

Schumacher viria a conquistar o título de Fórmula 2 em 2020 e foi, posteriormente, promovido à Haas, na Fórmula 1.

No entanto, vários rumores sugerem que Schumacher irá abandonar a Haas no final da temporada de 2022, colocando o seu futuro na F1 em sérias dúvidas. E, para além disso, tudo indica que Schumacher e a Ferrari também irão seguir caminhos diferentes no final deste ano.

Binotto reforçou a importância do programa júnior de pilotos para a Ferrari, e diz que o futuro de Schumacher deverá ser resolvido nas próximas semanas.

“A Academia de Pilotos da Ferrari, para nós, é um pilar muito importante da nossa equipa”, disse Binotto. “Estamos a investir muito nela e vamos continuar a investir muito na Academia”.

“A razão para isso é que acreditamos que é importante desenvolver o melhor talento e procurar pelo futuro, para tentar encontrar o melhor talento para o carro vermelho”.

“Por isso, não é um problema. Pelo contrário, penso que vamos investir e melhorar continuamente a forma como o estamos a gerir”.

“Para o Mick [Schumacher], como dissemos no início da temporada, é importante melhorar esta temporada”.

“Vamos sentar-nos com ele em algumas das próximas corridas, fazer um balanço da época, e também o faremos em conjunto com a Haas e decidir pelo seu melhor futuro”.

A Academia de Pilotos da Ferrari tem vários pilotos inscritos no programa, incluindo o antigo colega de equipa de F2 de Schumacher, Robert Shwartzman, que fará a sua estreia na TL1 com a equipa no próximo mês, nos Estados Unidos.

Charles Leclerc é o único membro da Academia que progrediu para a equipa principal da Ferrari na Fórmula 1.

Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Infelizmente o Autosport não pode continuar a disponibilizar os seus artigos gratuitamente.
Já não é viável ter uma equipa de jornalistas profissionais sem que possamos vender o produto do nosso trabalho.
Tal como os jornais e revistas são pagos, também os conteúdos editoriais digitais terão que ser pagos.
Por favor subscreva o Autosport Exclusivo e ajude-nos a manter esta máquina em andamento!
São apenas 2€ por mês, subscreva agora AQUI
Subscribe
Notify of
6 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
can-am
can-am
4 meses atrás

Se não fosse o nome que ostenta, que lhe permitiu estar sempre nas melhores equipes, este piloto provavelmente nunca teria corrido na f1.

Last edited 4 meses atrás by Speedway
4RcNg
4RcNg
Reply to  can-am
4 meses atrás

Claro, um apelido é pouco. A genética não se réplica sempre com total perfeição. Está na F1 com total falta de virtuosismo. Saindo não deixa pena…

917/30
917/30
Reply to  4RcNg
4 meses atrás

O que dizer então de KMag? É que MS com “uma total falta de virtuosismo” ultimamente tem conseguido bater o dinamarquês…

RedDevil
RedDevil
Reply to  can-am
4 meses atrás

Isso é mesmo “doença”… este rapaz foi campeão de F3 e F2… não é suficiente?

ricardopita
ricardopita
Reply to  RedDevil
4 meses atrás

Para os mal dizentes qualquer piloto com “nome” é sempre desvalorizado

917/30
917/30
4 meses atrás

Ultimamente tem batido o seu (muito mais experiente) colega de equipa, pelo que, sem ter aquele talento de campeão do mundo, e a ver pelos últimos resultados, tem valor mais do que suficiente para estar na F1.

Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Infelizmente o Autosport não pode continuar a disponibilizar os seus artigos gratuitamente.
Já não é viável ter uma equipa de jornalistas profissionais sem que possamos vender o produto do nosso trabalho.
Tal como os jornais e revistas são pagos, também os conteúdos editoriais digitais terão que ser pagos.
Por favor subscreva o Autosport Exclusivo e ajude-nos a manter esta máquina em andamento!
São apenas 2€ por mês, subscreva agora AQUI
últimas F1
últimas Autosport
f1
últimas Automais
f1