F1: Esteban Ocon chega mais forte em 2020

Por a 17 Setembro 2019 17:45

Depois de três época, sempre a melhorar, terá sido difícil para a Ocon ficar sem lugar para 2019 tendo de enfrentar uma época a ver as corridas por fora.

O jovem francês não se deixou abater e continuou a fazer o seu trabalho como sempre, sabendo que tinha do seu lado a Mercedes, o que é sempre um trunfo importante. Ocon considera que este ano de “sabática” foi útil e que o tornou mais forte:

“Este ano foi difícil mentalmente e emocionalmente também, vendo todos a andarem tão bem e eu “encostado”. Não é algo particularmente bom ”, disse Ocon ao Motorsport.com. “Mas acho que só pode tornar-me mais forte e com mais vontade ainda para voltar.”

“Eu não pilotei tanto quanto gostaria. No passado podíamos testar os carros e fazer milhões de quilómetros. Fiz isso no simulador. Testei todas as peças que a equipa colocou nos fins de semana. Portanto, estou ciente de todas as últimas notícias da actual geração de carros. Acho isso positivo. Por outro lado, não estar a pilotar também me permitiu aprender a outra parte do mundo da F1, o que é mais experiência, mais conhecimento para mim e mais coisas aprendidas para o futuro. Vendo o que a equipa espera de um piloto, algumas coisas em que não conseguimos pensar quando estamos a correr.”

“Como o Toto [Wolff] diz, quanto mais coisas vejo, mais conhecimento tenho para o futuro, mais experiência ganho no final. E isso faz de ti um atleta melhor, também um piloto melhor”

Ocon regressará no próximo ano com a Renault e quererá continuar o que deixou a meio… justificar que é um dos talentos do futuro.

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
*RPMS*
Membro
*RPMS*

O que será que Ocon parece estar a dizer ao seu engenheiro? Mas agora, vamos tentar em francês:
Est-ce qu’Alonso a passé sa main sur anti_frenando_afondo quand il était petit?

Um bocadinho de humor, não é para ninguém levar a mal que o “fair-play” também é importante…

Cumprimentos

últimas F1
últimas Autosport